• Hoje é: terça-feira, setembro 17, 2019

Vigilância Sanitária instala sistema de tratamento de água em Alto Paredão Pires

Olá Jornal
fevereiro06/ 2019

O acesso a água encanada é uma antiga reivindicação dos moradores de Alto Paredão Pires. Hoje, graças a uma parceria entre Administração Municipal e  Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), água potável estará disponível para as cerca de 35 famílias que residem na localidade.

A Vigilância Sanitária iniciou a instalação do sistema Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água (Salta-Z), na terça-feira, 5. O mecanismo consiste na captação de água de um açude, cedido por um proprietário de área particular, que passa por processo de  decantação com sultato de alumínio, cloração e filtração com o mineral zeólita.

Segundo o coordenador da Vigilância Sanitária, o médico veterinário, Éverton Notti, o sistema vai garantir  água potável para uma região historicamente com dificuldades de potabilidade de água. “Fizemos estudos dos poços, por meio de coletas de amostras e verificamos que nenhum seria viável. A partir disso buscamos esta alternativa, junto a Funasa, para solucionar este problema”, explica.

De acordo com Notti, a expectativa era concluir a instalação logo no início do ano, porém, o tempo chuvoso e ausência de servidores, em virtude do período de férias, retardou a conclusão dos trabalhos.

Tratativas

A parceria com a Funasa foi firmada no ano passado, após o Município  entregar documentação com a solicitação. Todo o processo de instalação do equipamento, que é ofertado pela Funasa, é feito pela Fundação que também orienta e treina moradores para manusear o sistema. A contrapartida do município é a construção de uma torre de cinco metros de altura para a colocação da caixa d’agua e do Kit Salta Z.

Orientações

A água deverá ser utilizada para beber, cozinhar e lavar alimentos. A Funasa não orienta usá-la para tratar animais ou regar plantas e flores.

O que é o Salta-Z

Salta-Z é a abreviação de Solução Alternativa Coletiva Simplificada de Tratamento de Água para consumo humano, trata-se de um sistema de captação e tratamento simplificado de água imprópria para consumo humano para água própria. Consiste em captar a água contaminada ou imprópria, e através de injeção de cloro e/ou coagulantes, processos de floculação, decantação e filtragem tornam esta água própria para consumo humano.

CRÉDITO: Coordenadoria de Comunicação e Marketing PMVA