• Hoje é: quarta-feira, setembro 18, 2019

Vereadores pedem atenção à acessibilidade no município

Janine Niedermeyer
outubro11/ 2016

Na noite desta segunda-feira, 10, em sessão da Câmara de Vereadores foi votada moção de apelo de autoria do vereador José Arnildo Camara (PTB) que solicita a instalação de rampa na Agência dos Correios do município, possibilitando o acesso de cadeirantes e demais pessoas com algum tipo de deficiência.

O pedido foi feito baseado na Lei 10.048 de 2000, que assegura o direito de todos à acessibilidade em qualquer local. “Essa moção surgiu a partir de pedidos da comunidade. Tomei essa frente, porque acredito ser viável mandarmos essa moção e porque realmente falta essa acessibilidade no Correio”, completou Arnildo Camara.

Celso Krämer (PTB) destacou que não é só na Agência dos Correios que são necessárias melhorias na questão da acessibilidade.

“Precisamos estender essa moção aos outros órgãos públicos. Essa Casa está de parabéns pelo aprimoramento na acessibilidade. Essa moção vem no momento certo. Muitos espaços públicos precisam ser melhorados”, destacou Krämer.

A vereadora Helena da Rosa (PMDB) lembrou que solicitou a instalação de piso tátil, especialmente em frente a órgãos públicos de Venâncio Aires, porém não foi atendida. “O direito de ir e vir está bem esquecido pelos governantes. Está na hora do povo se mexer. Somos todos iguais perante a lei”, defendeu.

Cândido Faleiro Neto (PT) lembrou que muitas calçadas já estão sendo instaladas com piso tátil, rampas de acesso, mas não é em todos os locais que há o mesmo engajamento. “Enquanto isso não acontece, o atendimento ao público deve ocorrer no primeiro andar, facilitando o acesso”, sugeriu o petista.

Telmo Kist (PSD) entende que é necessária uma grande evolução no município, no quesito acessibilidade. “Penso no Banco do Brasil, como os clientes vão chegar ao segundo andar? O Banco do Brasil não tem dinheiro para colocar um elevador? Outra caso é o SINE, no qual o deficiente não tem acesso. Precisa de um dedo da fiscalização, um prazo para as melhorias.”, finalizou o vereador Telmo Kist.

Fonte: AI Câmara / Foto: Fernanda Bergmann/ AI Câmara