• Hoje é: terça-feira, outubro 24, 2017

Vereadora Tata Haussen sugere implantação de placas fotovoltaicas na Câmara

Janine Niedermeyer
janeiro24/ 2017

A vereadora Tata Haussen Oliveira (Rede), sugere a instalação de placas de energia solar na Câmara de Vereadores. A proposta é que se faça uma economia com os gastos de energia elétrica e, ao mesmo tempo, se contribua para a sustentabilidade.

“Acredito que seja uma proposta viável, uma vez que temos uma história de superávit orçamentário na Câmara. Pode ser um investimento alto de início, mas com o passar do tempo pode se tornar uma economia. Além disso, nós iremos honrar nosso compromisso com o desenvolvimento econômico do município. E temos que servir de exemplo para o povo, e ações precisam partir de exemplos desta Casa”.

O vereador Eduardo Kappel (PP) acrescentou que o país, infelizmente, ainda ‘engatinha’ nessa área. “Nós temos sol o ano inteiro e estamos muito atrasados quanto a autossuficiência de energia. A Alemanha, por sua vez, tem sol dois a três meses por ano e eles vendem a energia que eles obtêm a partir da energia solar”.

Em meio a discussão do assunto, a parlamentar Ana Cláudia do Amaral Teixeira (PDT) sugeriu a busca por um financiamento, para que o investimento possa ser quitado a longo prazo e não se deixe de investir ou destinar valores para a Prefeitura, por exemplo. “Sabemos que quando economizamos aqui, esse dinheiro na verdade é da comunidade de Venâncio. Então, quando se devolve para o Executivo é para reverter em serviços para a população”.

Em 2015 e 2016, a direção da Casa já havia buscado orçamentos para a instalação de placas. No ano passado, uma empresa apresentou a proposta de implantação do sistema, com 130 placas, por R$ 220 mil. Com o gasto anual de cerca de R$ 40 mil com energia elétrica, o investimento estaria quitado em pouco mais de cinco anos.

Fonte: Vanessa Behling/ AI Câmara