• Hoje é: sexta-feira, dezembro 13, 2019

Vereador Eduardo Kappel (PP) propõe revogação da lei sobre vigilantes 24h em bancos

Guilherme Siebeneichler
março28/ 2017

A lei municipal que obriga as instituições bancárias a contratarem segurança armada 24 horas por dia poderá ser revogada. Pelo menos, esta é a proposta do vereador Eduardo Kappel (PP). A matéria inclusive pautou audiência pública na Câmara de Vereadores na última semana. A lei foi aprovada em setembro do ano passado, porém, não foi colocada em prática. O governo municipal inclusive cogitava alterações na legislação.

Conforme o progressista, que confirmou a intenção na reunião ordinária da última segunda-feira, voltou a falar em revogação durante assembleia local da Cooperativa Sicredi. O encontro com cooperados e membros da comunidade foi realizado na noite desta terça-feira, 28, na comunidade São Lucas Tadeu.

Pela justificativa do parlamentar, a lei não trará os benefícios desejados, em especial o aumento da segurança no entorno das instituições financeiras. “Já tenho o apoio de oito vereadores para revogar essa legislação. Me arrependo de ter votado a favor dessa lei,” argumenta Kappel.

Em Santa Cruz do Sul a legislação  foi revogada na última segunda-feira, 27, durante a sessão da Câmara de Vereadores. A lei, aprovada no ano passado, previa que agências bancárias dos setores público e privado, inclusive cooperativas de crédito, contratassem vigilância armada 24 horas, incluindo finais de semana e feriados. No entanto, os bancos não cumpriram a norma.