• Hoje é: terça-feira, julho 16, 2019

Verde é Vida realiza primeiras reuniões do ano letivo

Olá Jornal
março12/ 2019

O Projeto Verde é Vida – programa de ação socioambiental da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) – inicia amanhã, 12 de março, as reuniões pedagógicas de abertura do ano letivo de 2019. As reuniões, que ocorrerão em todas as Regiões de Atuação (RAs) do Projeto, reúnem professores das escolas parceiras. Na oportunidade, serão debatidas as ações programadas para o ano e também entregues os materiais de apoio pedagógico aos professores. Na mesma reunião, será entregue o Manual dos Grupos Ambientais (GAs), que estabelecerá um novo caminho às atividades dos grupos.

Em 2019 será abordado como tema central Juventude: uma ação social, com o objetivo de discutir com os jovens o papel dele na família e na comunidade, tendo a escola como referência. Portanto, todas as ações desenvolvidas partirão deste tema. O Dia da Ação Conjunta, por exemplo, será no dia 12 de agosto, dia internacional da juventude, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU). “Cada escola é livre para desenvolver ações sobre o tema durante todo o ano, com a culminância nesse dia, com ações voltadas à juventude”, explica o coordenador pedagógico do Projeto Verde é Vida, professor José Leon Macedo Fernandes, lembrando que a Ação Conjunta é realizada desde 2007, sempre com grande adesão das escolas parceiras.

AGENDA:

12.03 – RA Cachoeira do Sul e Candelária, em Candelária;

13.03 – RA Sobradinho e Arroio do Tigre, em Arroio do Tigre;

14.03 – RA Venâncio Aires, em Venâncio Aires;

15.03 – RA Santa Cruz do Sul, em Vera Cruz;

02.04 – RA Tubarão e Braço do Norte, em Gravatal;

03.04 – RA Araranguá, em Jacinto Machado;

04.04 – RA Camaquã, em Cristal;

05.04 – RA São Lourenço do Sul e Canguçu, em Arroio do Padre;

09.04 – RA São Miguel d’Oeste, em Princesa;

11.04 – RA Herval d’Oeste, em Treze Tílias;

23.04 – RA Imbituva e Irati, em Prudentópolis;

24.04 – RA Rio Negro e Mafra, em Mafra;

26.04 – RA Rio do Sul e Ituporanga, em Petrolândia.

CRÉDITO: AI Afubra