• Hoje é: quarta-feira, setembro 18, 2019

Venâncio tem primeira morte por gripe A confirmada

Janine Niedermeyer
maio22/ 2017

Atualizado às 12h05*

Na manhã desta segunda-feira, 22, foi confirmado o primeiro óbito por gripe A em Venâncio Aires. Segundo o Centro de Atendimento a Doenças Infectocontagiosas (CADI) uma senhora de 92 anos com problemas cardíacos não resistiu e faleceu no último sábado, 20. Apesar de estar no grupo prioritário, a paciente não havia feito a vacina conforme orientação do Ministério da Saúde.

Este foi o segundo caso confirmado de H3N2 na Capital do Chimarrão. No início do mês outra senhora foi diagnosticada com este subtipo da doença. Ela foi hospitalizada, passou por tratamento e foi liberada.

De acordo com a Secretaria de Saúde, até o momento a campanha de vacinação atingiu 66,25% do público alvo, sendo que da faixa etária até os cinco anos 49,65% da meta foi atingida. Na área da saúde foram 71,60%, já das gestantes apenas 51,63% foram vacinadas e os idosos o índice chegou a 68,48%.

Óbitos

Com essa confirmação, o Rio Grande do Sul tem agora quatro mortes por gripe A em 2017. O último caso havia sido confirmado no dia 17 de maio, quando um homem de 66 anos morreu no domingo, 14 de maio, mas a confirmação de que foi vítima de gripe A, do tipo H3N2, saiu no dia 17. Ele morava em Dom Pedrito, na Região da Campanha, e tinha doenças respiratórias.

A vacina segue disponível em todas as unidades de saúde nos horários normais de atendimento e conforme o secretário de Saúde, Ramon Schwengber o próximo sábado dia 27 uma nova ação será realizada para conseguir atingir o maior número de pessoas vacinadas.

A ideia da secretaria é de que algumas unidades funcionem em horário especial para atender a demanda. A confirmação dos locais e horários devem ocorrer dentro dos próximos dias.

*com informações da Coordenadoria de Comunicação Social e Marketing da Prefeitura de Venâncio Aires