• Hoje é: quinta-feira, agosto 22, 2019

Venâncio pode sediar audiência sobre a COP7

Na última quinta-feira, 19, a Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo (CAPC) da Assembleia Legislativa sediou audiência pública preparatória sobre a 7ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco. O objetivo foi traçar medidas para garantir apoio dos ministérios com representação no evento mundial que busca restringir o consumo de tabaco. Para aproximar o debate, vereadores e deputados estaduais querem realizar em Venâncio Aires um encontro.

O presidente da Frente Parlamentar da Fumicultura no Legislativo Municipal, Celso Krämer (PTB) destaca que após o debate em Porto Alegre, os representantes da cadeia produtiva e lideranças políticas querem realizar audiências em outros municípios. Venâncio Aires deve ser o primeiro a receber o encontro, articulado entre o Parlamento Municipal e os deputados estaduais. “Estamos em tratativas para trazer esta discussão para Venâncio. É preciso debater com as comunidades e explicar os problemas que os acordos da COP podem gerar aos produtores de tabaco.”

A audiência no município ainda é trabalhada e poderá ser organizada pela Comissão de Agricultura da Assembleia, ou até mesmo pelos vereadores venâncio-airenses.

PRESSÃO

Após o debate desta semana, os representantes do setor querem realizar reuniões com ministros, afim de garantir apoio a cadeia produtiva e evitar novos prejuízos para a produção de tabaco no Brasil. Segundo o proponente da audiência, deputado Marcelo Moraes (PTB), é preciso debater o setor não apenas pelo lado da saúde, mas também no âmbito econômico e social. “O que buscamos é esclarecer exatamente qual será a posição do Brasil na próxima COP7 para que os produtores não sejam prejudicados”, ressaltou.

Airton Artus, prefeito de Venâncio Aires e presidente da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, tem acompanhado o tema há oito anos. “Por uma questão ideológica, o Brasil se precipitou ao assinar a Convenção-Quadro e tem imprimido uma velocidade acima do comum para adotar as medidas relacionadas.”

Além de deputados federais e estaduais participaram do encontro lideranças sindicais, vereadores, Fetag, Afubra e Sinditabaco. O grupo propôs como encaminhamento visitas aos principais ministérios envolvidos com a Conferência para demonstrar a importância econômica e social, especialmente para a Região Sul do país. Serão solicitadas audiências com Blairo Maggi, ministro da Agricultura; José Serra, ministro das Relações Exteriores; Ricardo Barros, ministro da Saúde; Ronaldo Vieira, ministro do Trabalho; Osmar Terra, ministro do Desenvolvimento Social e Agrário; e Henrique Meirelles, ministro da Fazenda.

OLÁ NA COP

O Olá Jornal anunciou durante a Fenachim a sua cobertura internacional da COP7 que ocorre este ano entre os dias 7 e 12 de novembro em Nova Delhi na Índia. Um mascote para tratar sobre o tema foi criado e será colocado em pontos parceiros como sindicatos e representações de entidades envolvidas com a cadeia produtiva. Além disso, todas as informações sobre a conferência realizada pela Organização Mundial da Saúde estão disponíveis no site: coptabaco.com