Venâncio participa de pesquisa para mensurar prevalência do Coronavírus

Olá Jornal
junho26/ 2020

Venâncio irá participar de uma pesquisa que busca mensurar a soro prevalência de SARS-CoV-2 (vírus causador da Covid-19) na região de abrangência do Cisvale. A pesquisa é fruto de um acordo de cooperação entre o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) e a Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc), mantenedora da Unisc.

O objetivo é manter o trabalho de combate ao novo Coronavírus, com dados que direcionem o caminho a ser seguido pelos gestores para diminuir os dados à população da região. A pesquisa terá início nos dias 18 e 19 de julho. Ao todo, serão quatro etapas de realização de testes, uma a cada 14 dias, sempre aos finais de semana.

Em cada etapa, serão aplicados cerca de 200 testes rápidos em Venâncio – coletados a partir de uma gota de sangue retirada da ponta do dedo da pessoa testada, para ser analisada por um aparelho -. Totalizando cinco mil testes para os 14 municípios. A divisão de exames para cada município será realizada a partir de um cálculo matemático, obedecendo a consideração populacional.

Quem irá aplicar os testes rápidos serão servidores municipais de cada Prefeitura, sendo supervisionados por professores locais. Todos serão treinados antes de irem a campo.

Serão divulgados relatórios parciais ao final de cada etapa e um relatório completo ao final do estudo. A previsão é de que a última etapa ocorra nos dias 29 e 30 de agosto.

Os recursos financeiros para a viabilização da coordenação técnica da pesquisa realizada pela Unisc em parceria com o Cisvale, são oriundos da Philip Morris Brasil, assim como os custos operacionais envolvidos na capacitação e deslocamento dos profissionais responsáveis pela realização dos testes nos municípios da região.

Bandeira

Após a Assembleia do Cisvale, o Prefeito Giovane Wickert e o Secretário de Saúde de Venâncio, Ramon Schwengber, discutiram e analisaram, junto com o presidente da Amvarp, Paulo Butzge, Presidente do Cisvale, Cássio Nunes, e a coordenadora da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde, Mariluce Reis; os índices da atual situação da pandemia na região e uma possível mudança de bandeira. A publicação das bandeiras – sistema de distanciamento controlado adotado pelo Estado-, deve ocorrer ainda nesta sexta-feira ou sábado, abrindo-se a partir de então o prazo para contestações pelo Município até segunda-feira, 29. “Nos organizamos, para caso seja necessária alguma argumentação, se por ventura, entrássemos para a Bandeira Vermelha, o que acreditamos não vá acontecer. Torçamos para permanecer na bandeira laranja e precisamos da conscientização de todos, para se cuidarem, para logo voltar a Bandeira Amarela (risco baixo) e mais ainda, nos livrar logo desta pandemia que assola a saúde e a economia”, adiantou o Prefeito Giovane Wickert, após o encontro, realizado em Santa Cruz do Sul, nesta quinta-feira, 25.

CRÉDITO: Coordenadoria de Comunicação e Marketing PMVA