• Hoje é: domingo, outubro 20, 2019

Venâncio em destaque entre as cidades com mais potencial de desenvolvimento, segundo pesquisa nacional

Guilherme Siebeneichler
setembro27/ 2019

Venâncio Aires aparece em ranking das cidades com mais potencial de desenvolvimento inteligente, sustentável e humano. A pesquisa é realizada pela Urban Systems, que organiza o Ranking Connected Smart Cities. Para elaborar o levantamento são avaliados dados de mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança. Destes 11 itens, a Capital do Chimarrão aparece entre as 100 melhorias cidades do país nos itens Governança e Economia.

O eixo Governança conta com indicadores quanto a transparência do município, participação social, nível de desenvolvimento municipal e nível de formação do gestor da cidade. Complementam este recorte demais indicadores de outros eixos relativos diretamente a gestão municipal, como, por exemplo, os investimentos per capta (despesas pagas) em educação, saúde, urbanismo e segurança. Neste quesito, Venâncio Aires ficou na 76ª posição, em lista com 100 cidades.

Já o eixo de Economia engloba indicadores relativos a renda da população, crescimento econômico de diferentes setores relevantes para a cidade (no sentido inteligente), a sustentabilidade econômica do município, a origem da receita e a proporção do número de empregos disponíveis. Neste item a Capital do Chimarrão ficou na 74ª posição.
Apesar de necessitar avançar em outros pontos para garantir melhor posição no ranking geral, aparecer na listagem já coloca a cidade em destaque. Estes levantamentos são publicados em âmbito global e podem colaborar na captação de novos negócios.

PESQUISA
O levantamento, realizado pela Urban Systems, em parceria com a Sator, mapeia todas as cidades com mais de 50 mil habitantes (666 municípios) com o objetivo de definir as cidades com maior potencial de desenvolvimento do Brasil. Em sua quinta edição, o Ranking Connected Smart Cities inova e traz, na versão 2019, a incorporação de conceitos e novos indicadores baseados na ISO 37122 – Sustainable Cities And Communities – Indicators For Smart Cities, mantendo-se como a melhor referência para comparação e análise de cidades inteligentes no Brasil. O resultado é apresentado em 4 frentes: geral, por eixo temático, por região e por faixa populacional.

O QUE É?
As Smart Cities são sistemas de pessoas interagindo e usando energia, materiais, serviços e financiamento para catalisar o desenvolvimento econômico e a melhoria da qualidade de vida. Esses fluxos de interação são considerados inteligentes por fazer uso estratégico de infraestrutura, serviços, informação e comunicação com planejamento e gestão urbana para dar resposta às necessidades sociais e econômicas da sociedade.