Venâncio Aires vai ganhar parque ambiental e viveiro florestal

Olá Jornal
dezembro12/ 2019

Um espaço para atividades educativas e produção de mudas de árvores e flores vai tomar forma em Venâncio Aires. O projeto está nos planos do Governo Municipal e deve se realizar em 2020, em área verde de mata nativa no terreno que pertencia à Fundação Ambiental de Venâncio Aires (Favan), que foi incorporada ao patrimônio do Município. O novo espaço está nos planejamento da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e busca criar uma área de reserva florestal, além da produção de plantas que auxiliarão na proteção de nascentes, do arroio Castelhano e na manutenção de canteiros e trevos.

Nesta segunda-feira, 09, a Câmara de Vereadores aprovou a destinação de R$ 5 mil para iniciar os trabalhos de implementação da iniciativa. Segundo o secretário Clóvis Schwertner (PSB), o projeto deverá ser colocado em prática no primeiro semestre de 2020. “Agora entramos na fase de levantamentos topográficos da área florestal e o espaço que será construído o viveiro florestal. Estamos na fase de projetos e começamos a colocar em prática no próximo ano,” explica.

Conforme o chefe da pasta, a área de reserva florestal será utilizada para monitoramento da fauna e flora, além de construir pontos de observação, trilhas e estrutura para receber escolas e visitantes. “Esta é uma área rica que poderá ser utilizada pelas escolas para pesquisas e referencial prático. Além disso, poderemos criar no espaço uma área de soltura de pássaros e outros animais,” destaca Schwertner.

TREINAMENTOS
Visitas estão programadas em outros horto florestais de prefeituras. Uma das referências do estado está em Nova Petrópolis, com a produção de flores. Além de equipe técnica e treinamento, voluntários e clubes de assistência social serão envolvidos no processo, buscando garantir a produção de plantas, aliados a outros tipos de projetos sociais.