Venâncio Aires receberá R$ 800 mil para ampliar sistema de videomonitoramento na segurança pública

Olá Jornal
setembro16/ 2019

cercamento eletrônico é mais uma ferramenta para auxiliar no combate ao furto e roubo de veículos, que apresenta queda nos últimos meses no Rio Grande do Sul.

Com o empenho da bancada gaúcha no Congresso, foi possível levantar recursos para colocar em prática esta ação em 36 municípios do Estado. São mais de R$ 18 milhões investidos em sistemas de videomonitoramento. O valor é parte dos mais de R$ 67 milhões em recursos de emenda parlamentar, aprovada em 2017, somados a uma contrapartida de R$ 6,3 milhões do Estado, num total de R$ 73,6 milhões em investimentos. Os recursos viabilizaram o reforço da Segurança Pública do RS com viaturas, armas e equipamentos.

Em evento realizado na manhã desta segunda-feira (16/9) no Palácio Piratini, em Porto Alegre, foi formalizado o início do processo da implantação da tecnologia nos municípios contemplados. A expectativa é que até julho de 2020 todas as 36 cidades estejam com a instalação completa.

O vice-governador e secretário da Segurança Pública, Ranolfo Vieira Júnior, comemorou a iniciativa dos parlamentares gaúchos. “Esta é uma importante ferramenta tecnológica que vem para auxiliar na redução do furto e roubo de veículos e não posso deixar de exaltar essa conquista que veio através da união da bancada gaúcha em prol da segurança no RS”, disse.

VENÂNCIO AIRES
Venâncio Aires receberá R$ 801.194,89 para aplicar no setor de inteligência da segurança pública. O sistema será integrado a estrutura já em funcionamento no município. No total serão investidos R$ 534,6 mil na implantação de 11 câmeras para cercamento eletrônico (identificação de veículos) e outros R$ 266,5 mil para instalação de 6 equipamentos para vigilância.

SIM

O Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM) é um programa criado em 2017 para ampliar o relacionamento entre Estado e municípios gaúchos para o desenvolvimento de ações de Segurança. Uma das possibilidades oferecidas pelo programa é o convênio para cercamento eletrônico, que visa coibir as ações criminosas ligadas ao furto e roubo de veículos, bem como aproximar a comunicação entre os municípios para o enfrentamento a violência.

O SIM oferece consultoria técnica sobre o sistema de videomonitoramento, com informações a respeito de levantamento de preços e tecnologia necessária para a integração com o sistema estadual, bem como para possibilidades de captação de recursos, como a linha de crédito do Badesul Cidades Mais Seguras. Os municípios que buscam essa referência podem contatar o comitê especial do SIM para solicitar apoio técnico na elaboração dos projetos.