• Hoje é: quarta-feira, agosto 22, 2018

Venâncio Aires presente no depoimento de Lula

O Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Calçado e Vestuário acompanha logo mais o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao juiz Sérgio Moro, em Curitiba. O depoimento está marcado para às 14h onde Lula deve prestar esclarecimentos pela acusação como “comandante máximo” do esquema de corrupção descoberto na operação Lava Jato.

A vice-presidente Eraci Becker está em frente ao neste momento na praça Santo Andrade, um pouco antes do prédio da sede da Justiça Federal do Paraná, onde será o depoimento. Acompanhada dos colegas Patrícia Lopes, Zaira da Silva e Marcos de Oliveira, a sindicalista participa do ato em apoio ao ex-presidente e avalia positivamente o movimento. “Está tudo tranquilo, um ato pacífico com milhares de pessoas. Estamos aguardando a chegada dele”, explica.

Esta é a primeira vez que Lula fica frente a frente com Moro. Este processo julga se ele receberia o chamado tríplex do Guarujá como parte das propinas que a OAS pagava por obras na Petrobras. Para afirmar que o imóvel não era um mero presente a Lula, o MPF afirma que ele era o “comandante máximo” do esquema de corrupção. A testemunha mais forte contra Lula, nesse caso, foi o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, que afirmou que o imóvel era, sim, propina ao petista.