Venâncio Aires formata plano de recuperação econômica pós-pandemia

Olá Jornal
maio22/ 2020

A pandemia do Coronavírus trouxe além de uma experiência de máscaras, de distanciamento social, perdas humanas, um choque econômico, que deixará marcas. O fim da pandemia ainda não tem data certa e é cedo para saber exatamente quais as consequências de tudo isso.

Pensando neste futuro incerto, mas que pode ser próximo assim como também ainda poderá ter reflexos nas próximas décadas, a Administração Municipal colocou alternativas no papel e formata um plano de recuperação econômica pós-pandemia. “Mesmo que a pandemia se arraste até julho/agosto, precisamos desde já pensar na virada, focar na volta por cima que os mais diversos setores precisarão dar. Temos que pensar Venâncio não só dois ou três anos pós-pandemia, mas sim para os próximos 20 anos”, enfatiza o Prefeito Giovane Wickert.

 

A ação conjunta vem sendo trabalhada há cerca de 20 dias pelas Secretarias Municipais de Desenvolvimento Econômico e de Fazenda, e visa fomentar a manutenção e ampliação de emprego no município, atrair novos empreendimento e investimentos, qualificar o empreendedor e a sociedade e inovar na gestão pública e na transparência e, buscando, também a metodologia de como fazer para fomentar a economia local.

Entre as alternativas apontadas no projeto estão diversos programas já existentes e criados na Administração Municipal, assim como também várias alternativas e arranjos inovadores, e que serão executados para reerguer a economia local. O projeto com as ações integradas já prevê o impacto orçamentário, assim como prevê a programação de trabalho.

Para colocar em prática o projeto, o primeiro passo é a discussão semanal com a sociedade para debater e oxigenar as ideias, através de ferramentas tecnológicas – como lives, consultas e enquetes. O pontapé inicial será na próxima semana com uma reunião de organização e mobilização que envolve o Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (CDES), quando inicia a formatação das atividades e ações a serem desenvolvidas a partir de 30 a 60 dias.

CRÉDITO: Coordenadoria de Comunicação e Marketing PMVA