• Hoje é: segunda-feira, janeiro 22, 2018

Venâncio Aires deixa de ser o maior produtor de tabaco

Janine Niedermeyer
janeiro25/ 2017

Depois de muitos anos sendo o maior produtor de tabaco, Venâncio Aires caiu no ranking conforme levantamento divulgado nesta quarta-feira, 25, pela Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), com base em dados da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra).

Na safra 2015/2016 o município foi superado na produção por Canguçu e São Lourenço do Sul, ambos também do estado. Venâncio Aires passou de um registro de 20.316 toneladas na safra 2014/2015 produzida por 4.532 fumicultores, para 13.757 toneladas na última safra, feita por 4.050 produtores, uma queda de 6,5 mil toneladas.

Atualmente, a cultura está presente em 574 dos 1.191 municípios do Sul do Brasil, envolvendo 144.320 famílias e, aproximadamente, 576 mil pessoas no meio rural. De acordo com dados da safra 2015/2016, os 293 mil hectares plantados renderam 539 mil toneladas produzidas e R$ 5,2 bilhões aos produtores.

Para o presidente do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (SindiTabaco), Iro Schünke, a produção de tabaco faz parte da tradição destes municípios, além de ser a cultura fundamental nos aspectos sociais e econômicos. “O tabaco continua sendo referência de qualidade de vida e de renda para a agricultura familiar e a qualidade do produto segue sendo reconhecida pelos importadores”, avalia.

Região Sul

O Rio Grande do Sul possui sete dos 10 maiores produtores de tabaco do Brasil: Canguçu, São Lourenço do Sul, Venâncio Aires, Santa Cruz do Sul, Candelária, Camaquã e Vale do Sol. Juntos, esses municípios respondem por 16% do total produzido na Região Sul, com 87.164 toneladas. Ao todo, 236 municípios gaúchos plantam tabaco e o Estado responde por mais de 50% da produção brasileira.

Santa Catarina aparece com a 4ª e a 6ª posição do ranking, representados por Canoinhas e Itaiópolis, respectivamente. Mais de 70% dos municípios catarinenses produzem tabaco: dos 295 municípios, 207 obtiveram renda com a produção da folha. Além de Canoinha e Itaiópolis, Santa Terezinha, Irineópolis, Bela Vista do Toldo, Mafra, Papanduva, Vidal Ramos, Ituporanga e Içara estão entre os maiores produtores na última safra.

Rio Azul, no Paraná, ficou na 10ª posição entre os 10 maiores produtores do Sul do Brasil. Outros 130 municípios paranaenses cultivaram tabaco na última safra, com destaque também para São João do Triunfo, Prudentópolis, Ipiranga, Irati, Imbituva, Palmeira, Guamiranga, Piên e Ivaí.

MAIORES MUNICÍPIOS PRODUTORES DE TABACO 

Região Sul Produtores Produção (tons)
Canguçu (RS) 4.739 16.631
São Lourenço do Sul (RS) 3.462 14.433
Venâncio Aires (RS) 4.050 13.757
Canoinhas (SC) 2.773 11.279
Santa Cruz do Sul (RS) 3.611 10.888
Itaiópolis (SC) 2.414 10.715
Candelária (RS) 3.092 10.547
Camaquã (RS) 2.323 10.469
Vale do Sol (RS) 2.706 10.439
Rio Azul (PR) 2.660 10.013