• Hoje é: segunda-feira, setembro 16, 2019

Venâncio aguarda mais de R$ 1 milhão em atrasos do estado para a saúde

Olá Jornal
junho07/ 2019

O Governo do Estado confirmou o pagamento em 16 vezes de valores empenhados para serviços de saúde. Os recursos são referentes aos anos de 2014 até 2018. Para Venâncio Aires serão direcionados R$ 1,4 milhão, a maior parte ainda do ano passado. Os valores são para quitar os serviços de atendimentos básicos, Samu e UPA.
Desde o ano passado, até março de 2019, Municípios e hospitais filantrópicos registram atrasos nas parcelas do Governo Estadual para a manutenção dos serviços. Venâncio Aires tem valores a receber do Estado desde 2014, do então governo de Tarso Genro (PT). Em 2018, no então governo de José Ivo Sartori (MDB) os pagamentos não ocorreram desde julho.

No dia 31 de maio, a Secretaria Estadual da Saúde (SES), confirmou que irá pagar em junho valores empenhados e não pagos referente aos exercícios de 2014 a 2018, conforme anúncio feito pelo governador Eduardo Leite aos prefeitos na Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs). A previsão é de que a dívida com prefeituras e hospitais municipais, que chega a R$ 216 milhões, será quitada em 16 parcelas de R$ 13,5 milhões.
Para Venâncio Aires devem ser pagos no total, R$ 1,4 milhão referentes a 2018 e outros R$ 22 mil de 2014. Entretanto, segundo a agente administrativa da Secretaria de Saúde, Marinete Bortoluzzi, ainda não há detalhamento de como será feito o pagamento. “Estamos aguardando as definições. O que já se sabe é que será feito de forma parcelada, ao longo de 16 meses,” ressalta.

Os valores são, entre outros fins, relativos a repasses para a execução de programas como Equipes de Saúde da Família (ESF), Política de Incentivo da Assistência Básica, Redes de Urgência e Emergência (Samu), Assistência Farmacêutica Básica e Primeira Infância Melhor (PIM). A atual gestão assumiu o Estado com um passivo de R$ 1,1 bilhão na área da Saúde, referente ao período de 2014 a 2018.