• Hoje é: segunda-feira, dezembro 9, 2019

UTI Neonatal poderá contar com mais leitos para atendimento intermediário

Olá Jornal
agosto30/ 2019

O projeto inicial de construção da Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) Neonatal será discutido pela comissão responsável por liderar os trabalhos de construção. Uma das propostas iniciais era de discutir a possibilidade de ampliar o número de leitos. Inicialmente o plano prevê a construção de 10 leitos de UTI para recém-nascidos. Mas a criação de outros cinco leitos intermediários poderão ser contemplados no projeto, já que há estrutura física para receber a demanda. A criação da ala depende de análise e discussão da comissão responsável por “tocar” a proposta.

A criação de atendimento intermediário era uma demanda do secretário municipal de Saúde, Ramon Schwengber (PSB). Segundo ele, os leitos poderão receber bebês que não estejam necessitando de monitoramento menos intensivo e que após o tratamento poderão seguir para as residências. “É um forma de contemplar outros casos de crianças que necessitam de atendimento médico especializado. Porém esta ampliação de leitos depende de análise dos projetos, tanto arquitetônico, como de recursos para aquisição dos equipamentos.”

A proposta é de iniciar as obras da UTI Neonatal do Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) ainda este ano. “Dependemos da aprovação do projeto por parte da comissão e a nossa ideia é de colocar em prática o investimento ainda este ano. Se não for possível, queremos ainda no início de 2020 começar esta obra,” explica.

O espaço será implantado no prédio onde atualmente já está em funcionamento da Unidade de Tratamento Intensivo Adulta (UTI). O maior volume de recursos para a construção foi encaminhado por meio de emendas parlamentares. O deputado federal Marcelo Moraes (PTB), destinou R$ 1 milhão que já foram depositados nas contas do Município. Outro R$ 1 milhão foi encaminhado pelo deputado federal Heitor Schuch (PSB). Além disso, outros R$ 400 mil já foram garantidos por meio de doações.

A Associação Pró-Uti Neonatal tem coordenado as ações de arrecadação de recursos para a construção da unidade. Ao longo do ano atividades estão sendo realizadas e o lucro é destinado a entidade. Além dos valores para a construção da unidade, os valores serão utilizados para manter as operações, já que os repasses federais e estaduais para a manutenção só ocorrem após o início das atividades.