Testes em massa para Covid-19 vão ajudar a traçar novas flexibilizações do isolamento em Venâncio

Olá Jornal
julho15/ 2020

Um primeiro lote de 15 mil testes rápidos ao custo de R$ 825 mil promete analisar a circulação do novo Coronavírus (Covid-19) em Venâncio Aires. O volume de kits para testagem irá abranger 20% da população. Com isso, o poder público local pretende ampliar os protocolos de tratamento da doença e garantir mais segurança para a retomada efetiva das atividades que ainda estão barradas de operar. A realidade venâncio-airense e as iniciativas adotadas por aqui serão apresentadas em relatório para o governo do Estado, para servir de modelo. A testagem em massa da população é apontada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como fundamental para a diminuição segura das medidas de isolamento.

A expectativa da Secretaria Municipal de Saúde é de iniciar a testagem da população em postos de saúde, Centro Respiratório (Pavilhão São Sebastião Mártir) e hospital, no fim do mês. A compra dos testes será feita por meio de processo licitatório realizado pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale), agilizando a aquisição.

A aplicação de exames em larga escala como estratégia de combate ao coronavírus é vista como positiva. É consenso entre os especialistas que, quanto mais testes são feitos, mais robustas são as informações à disposição do gestor público, para colaborar com a tomada de decisões. A OMS tem defendido a testagem ampla para alinhar políticas públicas e garantir segurança nas ações de isolamento dos casos positivos.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Ramon Schwengber (PSB), as orientações atuais sobre isolamento e protocolos de atendimentos seguirão as mesmas utilizadas atualmente, entretanto, a verificação da circulação do vírus será importante para detalhar o contágio no município. “Os casos positivos identificados pela testagem seguirão as mesmas orientações sobre o isolamento. Depois dos surtos em frigoríficos, a demanda por tratamento e monitoração caiu bastante,” destaca o gestor.

CAPACIDADE
De forma progressiva, a capacidade de testes vem sendo ampliada no estado. Até o fim de junho a Secretaria Estadual de Saúde havia distribuído cerca de 380 mil kits aos municípios.

PLANOS
Apesar de apoiar a testagem ampla da população, o Núcleo de Epidemiologia e Vigilância em Saúde da Fiocruz, defende que os testes em massa devem ser aplicados, acompanhado de planejamento com o tratamento e isolamento. O órgão de saúde afirma que a amostragem em larga escala permite que se tenha um retrato do que está acontecendo, ajudando a dirigir as ações na proteção à saúde. A entidade defende que os mais diferentes setores dos municípios acompanhem os resultados dos testes, para definir os rumos e flexibilizações no enfrentamento à pandemia.

TESTES ATUAIS
Até o momento 1.742 testes já foram aplicados em Venâncio Aires até esta segunda-feira, 13. Destes, 307 haviam confirmado para a doença. Entram na contagem os exames em laboratórios privados, no Lacen (Estado) e testes rápidos. No início do mês o Município recebeu 1,5 mil testes adquiridos por meio do processo de licitação do Cisvale.
A testagem em massa não obrigará a população a realizar os exames. Caso seja necessário o poder público poderá adquirir outros 15 mil testes, com o objetivo de alcançar 40% da população venâncio-airense.

REALIDADE
A médica infectologista Sandra Knudsen destaca que a aplicação de testes de forma ampla dará noção sobre a realidade do vírus no âmbito municipal. “Poderemos ter noção de quantas pessoas já se contaminaram e realizar cálculos estatísticos projetando quantas pessoas ainda podem ser infectadas, como estratégias para os próximos meses. Teremos um conhecimento da realidade e é fundamental para o planejamento das estratégias.”

Segundo a médica, com a verificação em massa será possível também descobrir números de pacientes assintomáticos, que já contam com anticorpos para o vírus, mas não apresentaram sintomas mais sérios da doença.
“Ter conhecimento da realidade da doença no município e identificar os casos positivos para isolar, ser mais eficaz no isolamento, são os pontos de destaque para a testagem em massa. É uma medida que merece o nosso aplauso,” destaca Sandra.

FOTO: Divulgação/AI Irauçuba

Olá Jornal
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com