• Hoje é: quarta-feira, julho 17, 2019

Taquari não abre mão de posto da polícia rodoviária

Olá Jornal
dezembro18/ 2017

A vinda do Grupamento da Polícia Rodoviária de Taquari para Venâncio Aires é dada como certa por lideranças políticas da Capital do Chimarrão. Porém, o prefeito taquariense, Emanuel Hassen de Jesus (PT), afirma que o posto da Brigada Militar na RSC-287 vai ficar por lá, na localidade de Amoras. O assunto tem gerado debates nos bastidores do governo gaúcho.

O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Nelsoir Battisti (PSD) tem liderado os debates sobre o tema no Executivo Estadual e junto com o comando da Brigada Militar. No dia 08 de novembro, em passagem por Venâncio, o secretário estadual Cezar Schirmer (PMDB) confirmou a vinda do grupamento para a localidade de Estância Nova, ficando a cargo do Município a construção do novo prédio.

“Nós temos a palavra do secretário que afirmou que avinda dependia só de Venâncio. Está definido dentro do comando, não foi uma decisão política e sim técnica,” ressalta Battisti.

Já o prefeito de Taquari, afirma que o secretário de Segurança do Rio Grande do Sul confirmou que a unidade da polícia rodoviária ficará na cidade. “Ele afirmou que enquanto estiver a frente da pasta o posto da polícia civil ficará na localidade de Amoras,” destacou Maneco em vídeo ao vivo na última quarta-feira, 13.

O impasse segue, porém, as lideranças políticas da Capital do Chimarrão mantém o projeto de transferência do grupamento. A previsão é de iniciar as obras do prédio no próximo ano.

CONSEPRO
Parte das despesas com internet e manutenção do posto policial na localidade de Amoras são custeados pelo Consepro de Venâncio Aires. A entidade também executará as obras do novo posto policial.