• Hoje é: quinta-feira, outubro 17, 2019

Souza Cruz quer construir agenda futura do tabaco

Olá Jornal
setembro27/ 2019

Estabelecer as prioridades para a garantia da cadeia produtiva do tabaco no Brasil é o que propõe a Souza Cruz em debate com todos os setores envolvidos. Os desafios e a transformação da agricultura familiar foram abordados durante seminário na terça-feira, 24, em Bento Gonçalves. O evento reuniu presidentes e representantes de federações, sindicatos, associações, universidade e entidades do setor, debateram a inserção da tecnologia no agronegócio familiar, a permanência das novas gerações no campo e a atratividade da cultura do tabaco em um contexto de transformação digital.

De acordo com o diretor de Tabaco da Souza Cruz, Marcos Salvadego, a iniciativa, que faz parte da Agenda Digital de Produção Agrícola 2020, busca ampliar a discussão sobre o tema, bem como firmar parcerias. “Queremos ser protagonistas deste processo, unindo esforços, compartilhando experiências e propondo ações que contribuam para a transformação do agronegócio”, destacou.

Segundo pesquisa do Instituto Vox Populi (2017/2018), 93,75% dos produtores integrados à empresa acessam a internet. Neste cenário, os principais desafios são: preparar esta nova geração de produtores; fortalecer a identidade do campo; e oferecer conteúdos relevantes para este público.

Ao final do encontro, todos os participantes foram convidados a refletir como podem contribuir para o futuro do agronegócio familiar e a permanência da nova geração de produtores. O material coletado servirá como base para futuras ações compartilhadas.