• Hoje é: sábado, dezembro 7, 2019

Souza Cruz demonstra processo de reciclagem das bitucas de cigarros

Guilherme Siebeneichler
novembro12/ 2019

Nesta terça-feira, 12, a Souza Cruz apresentou para jornalistas o processo de reciclagem das bitucas de cigarros. O trabalho é realizado em parceira com a Poiato Recicla, única empresa do Brasil que realiza este tipo de processo. Instalada em Votorantin, estado de São Paulo, a usina garante o processamento correto dos resíduos de cigarros, que são transformados em massa de celulose. O material produzido é destinado para entidades que utilizam para artesanato.

O projeto piloto foi lançado pela Souza Cruz durante a 35ª Oktoberfest de Santa Cruz, onde foram recolhidos 80 ml bitucas. O material reciclado retornará para a cidade, onde serão realizadas oficinas com entidades para a transformação em itens de artesanato. A expectativa é de realizar na segunda semana de dezembro.

De acordo com o coordenador de projetos no Instituto Souza Cruz,  Guilherme Mattoso, o principal objetivo do projeto é de desenvolver conscientização dos consumidores. “Queremos devolver para a cidade um material gerado com o descarte correto. Nada mais justo que realizar oficinas e mostrar para as entidades formas de aplicação deste material.”

Durante passagem pela usina da Poiato, o diretor comercial Marcos Robles Poiato, destacou que a unidade processa entre 300 e 400 quilos de bitucas atualmente. “ Não é modismo, ou a gente trabalha de verdade ou o problema seguirá, com descarte incorreto. Nossa usina possui capacidade instalada para processar 1,5 tonelada por mês”.

O roteiro da Souza Cruz visitou um projeto social de Campinas, que recebe material a partir das bitucas e comercializa peças de artesanato. A iniciativa desenvolvida busca fomentar a economia circular, com ampliação das fontes de renda para mas segmentos da sociedade.