• Hoje é: sábado, outubro 19, 2019

Souza Cruz adota prática inovadora na concessão de licença-paternidade

De forma inovadora no mercado brasileiro, a Souza Cruz concedeu licença equiparada à licença-maternidade cidadã de 180 dias a um colaborador que se tornou pai ao adotar, junto com o companheiro, um bebê de 5 meses. O processo de adoção teve início em 2015 e o casal, que está junto há quase 10 anos, acaba de receber a guarda provisória da criança.

A licença inicial de 120 dias possui amparo legal no artigo 71-A da Lei 12.783/2013 e a prorrogação de 60 dias, que foi concedida em virtude do programa Empresa Cidadã, está descrita no artigo 1, 2º da Lei 11.770/2008. “Eu me sinto muito orgulhoso em trabalhar em uma empresa vanguardista. Apesar de centenária, a Souza Cruz está à frente do seu tempo e sabe se adaptar às novas estruturas familiares”, afirma o advogado Thiago Luiz, de 34 anos, funcionário da empresa desde 2008.

“A diversidade é um de nossos valores organizacionais e uma questão fundamental na nossa estratégia de negócio. Nossa liderança é altamente comprometida na contratação, retenção e desenvolvimento dos melhores e mais diversificados talentos. A Souza Cruz possui uma agenda em prol do fortalecimento da pluralidade de pensamento e forma de expressão a fim de contribuir para o sucesso e crescimento da companhia”, afirma Harry Vargas, diretor de RH da Souza Cruz.

Com esta decisão, a Souza Cruz mantém seu posicionamento de empresa com excelência em recursos humanos, atenta às demandas da sociedade e de seus funcionários. A empresa foi uma das pioneiras no país a oferecer creche aos filhos de funcionários, a aderir à licença-cidadã de seis meses e acaba de implementar o prazo de licença-paternidade de 20 dias.

Sobre a Souza Cruz

Sediada no Rio de Janeiro, a Souza Cruz é uma das mais relevantes empresas da América Latina, presente na lista das 100 maiores exportadoras do país e no top 100 de reputação corporativa. Líder de mercado, atua desde o plantio do tabaco até a distribuição de cigarros há 114 anos. É a maior exportadora de tabaco do Brasil e referência no varejo nacional.

Sua cadeia produtiva mantém 6,5 mil colaboradores diretos, cerca de 200 mil empregos indiretos e 27 mil produtores rurais integrados de tabaco, que geram solução de renda para mais de 100 mil famílias no campo. Seus produtos chegam a 265 mil varejistas em quase 5.500 municípios, o que constitui a mais complexa e abrangente operação de distribuição da British American Tobacco (BAT), controladora da empresa.

CRÉDITO: Four Comunicação