• Hoje é: quarta-feira, julho 18, 2018

Sindicatos podem iniciar assembleias para votação de reajuste aos trabalhadores do fumo

Olá Jornal
novembro30/ 2017

Os sindicatos dos trabalhadores nas indústrias do fumo já podem convocar a categoria para decidir sobre o reajuste salarial. A Federação Nacional dos Trabalhadores nas Indústrias de Fumo (Fentifumo) abriu o período de assembleias após a negativa do Sindicato Interestadual da Indústria do Tabaco (Sinditabaco) para o valor da cesta básica. Os trabalhadores solicitavam R$ 150 sendo que as empresas chegaram ao valor de R$ 140.

O presidente da Fentifumo, José Milton Kuhnen, afirma que a negociação foi até onde as empresas podem chegar. “Chegamos até onde as empresas puderam chegar e os trabalhadores têm autonomia para decidir a partir das assembleias”, declara.

Ele explica que duas cláusulas da convenção coletiva ainda estão em tratativas com as indústrias, no entanto, não vê nelas impedimentos para a negociação. As cláusula que envolvem jornada de trabalho e periodicidade de pagamento receberam nova redação que foi questionada pelos sindicatos pois podem representar alterações como por exemplo, nas datas de pagamento dos salários.

Em relação ao reajuste salarial, a Fentifumo reivindicou 5% de aumento (INPC + aumento real) para os efetivos sendo que o apresentado ficou em INPC mais 0.10 de aumento real. No valor do piso, os trabalhadores solicitaram 14,98% de reajuste, chegando a R$ 1.229,36, no entanto, a proposta das empresas ficou em 5%, passando o piso para R$ 1.122,66.

Venâncio Aires e Santa Cruz do Sul ainda não têm previsão de realização das assembleias. Esta poderá ser a primeira vez que a negociação seja encerrada antes do fim do ano, depois de pelo menos dois anos. Neste período, as negociações fechavam o ano sem acordo.