Sindicato dos Trabalhadores do Fumo tem votação histórica do dissídio

Olá Jornal
dezembro08/ 2017

Na manhã desta sexta-feira, 08, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Fumo, Alimentação e Afins de Venâncio Aires  realizou assembleia para votação da convenção coletiva. Foram 409 votos registros, sendo 203 votos favoráveis a proposta apresentada pelas empresas. Outros 201 contrários. Três votos foram nulos e outros dois em branco.

A proposta  aprovada prevê reajuste salarial composto pelo INPC do período mais 0.10%. Já no piso, o reajuste proposto pelas empresas é de 4,94%, passando de R$ 1.069,20 para R$ 1.122,00. A cesta básica foi de R$ 130 para R$ 140 e o auxílio óculos de R$ 295 para R$ 310.

Na avaliação do presidente do sindicato, Rogério Siqueira, a votação histórica e apertada demostra o descontentamento dos trabalhadores com as propostas apresentadas pela indústria. “É preciso pensar mais no trabalhador, houve uma participação importante da classe, que se demonstrou descontente com o reajuste.”

A votação em assembleia, na sede do sindicato, iniciou às 9h e encerrou por volta das 10h50min.