• Hoje é: segunda-feira, julho 16, 2018

Secretaria da Saúde confirma primeiro caso de Gripe A em Venâncio

Janine Niedermeyer
maio18/ 2016

A Secretaria Municipal da Saúde anunciou na tarde desta quarta-feira, 18, a confirmação do primeiro caso de Gripe A em Venâncio Aires. A pessoa atingida pelo vírus H1N1 é uma mulher, que esteve internada nas últimas semanas no Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) e já se recupera em casa, recebendo acompanhamento da Secretaria.

A suspeita se confirmou, por coincidência, na mesma semana em que encerra a campanha nacional de vacinação contra a doença para os grupos prioritários. As imunizações estão disponíveis em todos os postos de saúde do município até esta sexta-feira, 20.

Conforme o Centro de Atenção a Doenças Infectocontagiosas (Cadi), nove casos suspeitos da enfermidade ainda estão em análise laboratorial. Uma destas suspeitas refere-se também a uma mulher, que faleceu no último fim de semana.

A Secretaria também confirmou que o vírus atingiu outra pessoa que esteve internada nos últimos dias no HSSM: uma criança residente em Vale Verde, município parte da microrregião abrangida pela casa de saúde. Outras seis suspeitas de contaminação pelo vírus causador da Gripe A foram descartadas após a realização dos exames, que são analisados por laboratório localizado em Porto Alegre e pertencente ao Governo do Estado.

Segundo a Secretaria da Saúde, ambos os pacientes que contraíram a doença – a mulher venâncio-airense e a criança de Vale Verde – são portadores de doenças crônicas. As análises acontecem em pacientes em que apresentam quadro de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). A síndrome, que leva à internação pelas dificuldades respiratórias causadas no paciente, pode se manifestar por conta de um quadro viral, que não necessariamente esteja relacionado à Gripe A.

VACINAÇÃO ATÉ ESTA SEXTA

Diante da confirmação do primeiro caso da doença em Venâncio Aires, o secretário municipal da Saúde, Celso Artus, faz um apelo para que as pessoas inclusas nos grupos prioritários procurem os postos de saúde até esta sexta-feira.

De acordo com o Cadi, o público-alvo é formado por 8.138 venâncio-airenses, dentre idosos, gestantes, puérperas, crianças entre seis meses e cinco anos incompletos de idade, portadores de doenças crônicas, trabalhadores da saúde e detentos e funcionários de casas penitenciárias. (AI PMVA)

Foto: Divulgação