• Hoje é: terça-feira, novembro 12, 2019

Seca e granizo na região Sul podem influenciar na oferta de tabaco

Olá Jornal
março05/ 2018

Mesmo ainda sendo cedo para confirmar, há expectativa de que os prejuízos no Sul estado influenciem a oferta de tabaco nesta safra. A estimativa da Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra) é de que a seca e o granizo tenham provocado quebra de 25% naquela região onde está concentrado o maior volume de tabaco.

O secretário da entidade, Romeu Schneider considera cedo para dimensionar o tamanho da influência no mercado mas acredita que haja reflexos. “Ainda não temos um levantamento para afirmar com certeza, mas devido ao tamanho dos prejuízos é possível que isso aconteça”.

Além disso, de acordo com Schneider, é preciso estar atento aos outros países pois podem compensar a quebra na produção do Brasil e equilibrar o mercado.

Para ele, as intempéries climáticas ainda devem influenciar no preço do produto. “Há uma tendência da safra das empresas pagarem mais, mas o que define é a qualidade”.

A região Sul ainda tem 30% da safra a ser colhida. O mau tempo causou estragos na última semana, principalmente, em razão da queda de granizo em alguns municípios. Canguçu e São Lourenço do Sul estão entre as cidades mais afetadas pela queda das pedras de gelo. A região possui muitas propriedades rurais que cultivam tabaco.