• Hoje é: quarta-feira, junho 19, 2019

Saúde e segurança pública em foco na assembleia da Amvarp

Olá Jornal
junho08/ 2019

A Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo (Amvarp) realizou sua assembleia mensal nesta sexta-feira, 07, em Vera Cruz. O encontro ocorreu após a abertura da 10ª Feira da Produção, festividade alusiva aos 60 anos do município.

Recebidos pelo prefeito de Vera Cruz, Guido Hoff, os chefes dos Executivos dos municípios do Vale do Rio Pardo discutiram assuntos ligados principalmente a saúde, economia e segurança pública. A Amvarp e o Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale) pretendem coordenar em conjunto o projeto de instalação de câmeras de videomonitoramento nos municípios da região. O assunto já está em pauta há alguns anos e é considerado primordial para a realização do cercamento eletrônico da região.

Segundo o presidente da Amvarp, Carlos Gustavo Schuch, prefeito de Vale Verde, já existe recurso para a execução do projeto, conquistado via consulta popular, por meio do Conselho Regional de Desenvolvimento (COREDE). Ele acredita que até o final do ano o dinheiro seja liberado para os municípios, mas ressalta que a maioria dos recursos, que virão através de emendas parlamentares dos deputados gaúchos na Câmara Federal, deverão demorar mais a serem repassados.

Para o prefeito de Pantano Grande e presidente do Cisvale, Cassio Nunes Soares, houve evolução no projeto de videomonitoramento do Vale do Rio Pardo desde a sua última conversa com a Secretaria Estadual de Segurança Pública. “Avançamos principalmente com o projeto básico, onde a Brigada Militar estará identificando os pontos em cada município e trazendo estas informações para o Cisvale para fazermos a licitação”. Os prefeitos presentes aprovaram uma moção da Amvarp solicitando mais agilidade ao governo estadual neste assunto.

Ainda sobre a segurança pública, os presentes ouviram o subcomandante do 23º Batalhão de Polícia Militar, major Fábio Azevedo. Ele ressaltou a importância de uma mobilização, empenho e soma de esforços para que o maior número possível de alunos que estão participando do atual processo de formação de soldados no Vale do Rio Pardo seja efetivado na região. Foi aprovada a criação de uma comitiva dos prefeitos que levará o assunto até a Secretaria Estadual de Segurança Pública.

O Serviço de Atendimento Móvel (SAMU) Avançado também esteve em pauta na assembleia. Foi aprovado o aumento de cinco centavos no valor que cada município repassa para a manutenção do serviço. O prefeito de Venâncio Aires, Giovani Wickert, alertou os presentes para a necessidade de repor pelo menos o valor da inflação do último ano. O SAMU Avançado tem três unidades regionais, em Santa Cruz do Sul, Venâncio Aires e Rio Pardo.

“Para o município de Venâncio, ou Santa Cruz e Rio Pardo, a manutenção custa um real por habitante, por mês. Se paga em torno de 50, até 90 mil por unidade aqui da região, só da contrapartida que o município dá. Porque tem a contrapartida federal e ainda a do Estado. Os municípios que não têm a unidade pagam vinte centavos por mês, e agora passou para vinte e cinco centavos. Os prefeitos perceberam a importância e a responsabilidade que um gestor público tem de ter com seu munícipe para oferecer um atendimento com segurança na fundamental área da saúde”, afirmou o prefeito de Venâncio Aires.

Guido Hoff, prefeito de Vera Cruz e anfitrião da assembleia, agradeceu a presença de todos no dia em que o município celebra 60 anos. “Foi uma reunião de construção positiva de assuntos municipais. Estou muito contente com a ampla participação”.

A próxima assembleia da Amvarp está marcada para o dia 26 de julho, em Candelária.

CRÉDITO: Assessor de Imprensa Amvarp