• Hoje é: segunda-feira, janeiro 22, 2018

Santa Cruz do Sul terá escola técnica do Senar em Agronegócio

Guilherme Siebeneichler
novembro02/ 2017

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) vai instalar em Santa Cruz do Sul a primeira escola técnica em agronegócio da região. O assunto foi pauta do encontro da Regional 9, da Federação da Agricultura do Rio Grande do Sul (Farsul), em Venâncio Aires, formada pelos Sindicatos Rurais de Venâncio Aires, Santa Cruz, Candelária, Sobradinho e Arroio do Tigre. A reunião ocorreu na sexta-feira, 27, na sede do sindicato rural de Venâncio.

O presidente da Regional, Marco Antônio dos Santos, detalhou o projeto da escola que terá 40 vagas com seleção, estilo vestibular, já em fevereiro. O início do ano letivo será em março, com total de 1.200 horas a serem cumpridas em dois anos. As aulas serão à noite de duas a três vezes por semana. O projeto está pronto mas necessita ainda de parcerias para ser concretizado. A área física será repassada pelo sindicato de Santa Cruz.

De acordo com Santos, a procura por especialização em agronegócio tem aumentado e rompido as fronteiras da sucessão rural, principalmente por profissionais liberais. “Pessoas de outras áreas como médicos e advogados buscam conhecimento, alguns às vezes são filhos de fazendeiros mas muitos não são e querem empreender. O agro é a menina dos olhos no Brasil, é o maior PIB,” avalia.

PAUTA

Assuntos ligados a produção de tabaco também foram tratados durante a reunião. De acordo com o presidente do sindicato rural de Venâncio, Ornélio Saussen, as perdas no fumo com o último temporal na região chegaram a 20%. Os sindicalistas ainda trataram da negociação do preço do fumo e da nova safra.