Reunião da Câmara Setorial do Tabaco é transferida para maio

Olá Jornal
março23/ 2020

Agendada para ocorrer no dia 08 de abril a primeira reunião de 2020 da Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco, foi adiada. A previsão é de realizar o encontro com o grupo de debates sobre a produção de tabaco no país, na segunda quinzena de maio. A decisão é mais uma das agendas alteradas por conta da pandemia do novo Coronavírus, o Covid-19.

Conforme o presidente da Câmara Setorial do Tabaco, Romeu Schneider, a decisão pelo adiamento do encontro foi informada pelo Ministério da Agricultura, que lidera as discussões. “Segue a determinação do Ministério da Saúde, principalmente na cidade de Brasília. O momento é de atenção e exige prevenção,” destaca.

A pauta de discussões seguirá a inicialmente projetada com destaque para a 9ª edição da Conferência das Partes para o Controle do Tabaco (COP9) e a 2ª reunião sobre o Protocolo para Eliminar o Comércio Ilícito de Tabaco (MOP2). “Esse ano será importante por conta da COP9 e agora em função do Coronavírus, que acaba mobilizando atenções do mundo, em especial por questões econômicas e de saúde pública,” comenta.

A situação da comercialização e venda de tabaco no país, também lideram os debates do grupo de trabalho. A quebra na safra, por conta da estiagem ganha destaque, ao mesmo tempo que os estados de Santa Catarina e Paraná, registraram boa qualidade e produtividade. A Câmara Setorial da Cadeia Produtiva do Tabaco está ligada ao ministério e reúne lideranças do setor, agentes públicos, membros de indústrias e entidades representativas.