• Hoje é: quinta-feira, maio 23, 2019

Proposta de mutirões de cirurgias eletivas esbarra nos recursos

Olá Jornal
maio17/ 2019

O Governo Municipal desde o ano passado buscava ampliar o número de cirurgias eletivas em Venâncio Aires. Entretanto, os recursos escassos não garantiram a realização dos mutirões de cirurgias, que são apostas para desafogar de forma mais rápida a lista de espera por processos eletivos. Em média são realizados por mês mais de 70 procedimentos cirúrgicos, porém, no mesmo período novos pacientes ingressam na listagem.

Conforme o secretário municipal de Saúde, Ramon Schwengber (PSB), a proposta era avaliada desde o ano passado, buscando diminuir ainda mais a fila por estes procedimentos. Porém, a falta de recursos não viabilizou. “Vamos seguir buscando recursos, também por meio de emendas, para realizar um mutirão destes serviços e agilizar o atendimento de quem ainda aguarda por procedimentos.”

Atualmente 630 pessoas estão aguardando na fila por procedimentos cirúrgicos. A maior parte são ligados às cirurgias gerais, que totalizam 472 pessoas. As informações constam no Portal da Transparência da Prefeitura de Venâncio Aires.

Conforme o gestor municipal, o Município tem conseguido manter um ritmo de procedimentos. “Em média realizamos mais de 50 cirurgias eletivas por mês, mais os procedimentos conveniados com o Estado. Nossa ideia era de ampliar, mas acabamos esbarrando nos recursos,” argumenta Schwengber.

Em agosto do ano passado a Prefeitura de Venâncio Aires concluiu um recadastramento de pacientes que aguardavam cirurgias. Naquela época já haviam 610 pessoas na fila no Sistema Único de Saúde (SUS). Também no ano passado a Secretaria Municipal de Saúde implantou o sistema de cadastro online, onde o paciente sabe o seu lugar na fila. A medida também ampliou a transparência do sistema, garantindo acompanhamento do cidadão no sistema.