• Hoje é: segunda-feira, agosto 26, 2019

Projetos sobre Educação Infantil e adoção de áreas verdes em pauta na Câmara

Janine Niedermeyer
fevereiro04/ 2017

Na pauta da próxima sessão ordinária da Câmara de Vereadores, na segunda-feira, 6, estarão em discussão e deverão ser votados três projetos, sendo dois do Executivo e um do Legislativo.

A matéria que será apreciada pelos parlamentares e que é de autoria da vereadora Tata Haussen Oliveira prevê a adoção de equipamentos públicos e de áreas verdes por pessoas jurídicas. Com isso, praças, parques, monumentos, quadras esportivas, academias de saúde, áreas verdes, pistas de corridas poderão ficar sob responsabilidade de empresas. Estas, poderão custear sua manutenção e/ou instalação.

A pessoa adotante, por sua vez, poderá divulgar sua marca/empresa com uma placa no local do equipamento ou área adotada. De acordo com a autora do projeto, essa ação visa a possibilidade de atuação conjunta, com maior participação conjunta de atores sociais, em benefício da cidade.

Educação Infantil 

Já as duas matérias encaminhadas pelo Executivo preveem a prorrogação e a contratação, por mais seis meses, dos contratos dos professores das escolas de educação infantil, com carga horária de 20 horas semanais.

De acordo com a justificativa, tais renovações se fazem necessárias devido ao início do ano letivo. “Embora uma nova prorrogação de contrato não seja a melhor alternativa, é impossível iniciar o ano letivo sem os professores nos educandários. E sem essa prorrogação, seria necessário adiar o início do ano letivo por falta de professores”.

No outro projeto, a Administração busca a aprovação da contratação emergencial de 15 professores para a educação infantil com carga horária de 20 horas, por um prazo de seis meses, prorrogáveis por uma única vez pelo mesmo período. “Tal necessidade se deve pelo fato de que oito professores nomeados e dois professores contratados entraram em licença gestante durante o primeiro semestre de 2017”.