• Hoje é: quinta-feira, novembro 21, 2019

Projeto forma jovens para um futuro empreendedor no campo

Olá Jornal
junho14/ 2019

A partir desta sexta-feira, 14, os 11 jovens formandos do Projeto Geração do Amanhã terão uma nova perspectiva em suas propriedades rurais. Esse foi o objetivo deste iniciativa, uma parceria da Japan Tobacco International (JTI), ONG Foco Empreendedor e Dale Carnegie, que buscou aprimorar as habilidades dos jovens para que se tornem futuros empreendedores do meio rural cuja formatura ocorreu na sede da JTI.

Durante o curso, realizado em nove semanas com encontros semanais, os egressos das Escolas Família Agrícola de Santa Cruz e Vale do Sol e Instituto Crescer Legal, puderam aprimorar as habilidades de liderança, autoconhecimento, comunicação e trabalho em equipe. Com aulas teóricas e práticas, o conteúdo foi centralizado em áreas fundamentais para atingir o sucesso pessoal.

Os resultados são compartilhados pelos jovens que contam como puderam descobrir potencialidades e trabalhar fragilidades durante o curso. Para o produtor de morangos e de leite, Gean Hirsch, de Sinimbu, o desenvolvimento emocional e a organização foram os pontos mais positivos. “Vimos que com as ferramentas certas conseguimos vencer”, comemora. Já para Simone Kappel, 19 anos, de Linha Andrade Neves, interior de Santa Cruz do Sul, o grande aprendizado foi a diminuição da timidez e ansiedade. “Aprendi a viver um dia de cada vez”.

FUTURO

O diretor de comunicação da JTI, Flávio Goulart, afirmou de forma emocionada que pôde enxergar-se nesses jovens. “Um dos paradigmas do ser humano é fruto das oportunidades que a gente tem e escolhas que a gente faz. Hoje vocês estão aqui porque fizeram uma escolha. Ferramentas certas, como este curso, nos permite fazer melhores escolhas e atingir melhores resultados. Vocês podem”.

A presidente da ONG Foco Empreendedor, Áure Bins, explicou que há oito anos a entidade luta para formar jovens para o mundo. São cerca de cinco projetos possíveis de serem desenvolvidos em busca de fortalecer novas oportunidades. “A educação é a única forma de mudar o Brasil”.

O diretor da Dale Carnegie no RS, Henrique Kuhn, lembrou do propósito da entidade que é despertar o melhor das pessoas e revelou que este é o primeiro projeto social realizado no Brasil. “Parabéns para vocês que enfrentaram seus medos e tiveram uma conversa com seus pais que vimos vocês enaltecerem aqui. Honrar os pais é o que falta hoje em dia”.

Para o secretário executivo da Agefa, Adair Pozzebon, o grande legado do projeto é o fortalecimento da agricultura, que é o ponto central da economia regional “Espero que o curso continue e estimule novos jovens”.