• Hoje é: quinta-feira, julho 18, 2019

Produtores de tabaco buscam agendas paralelas com Embaixadas na COP8

Olá Jornal
agosto24/ 2018

A Associação Internacional de Produtores de Tabaco (ITGA em inglês) tem mobilizado representantes em todos os países que possui representantes. O objetivo é de estabelecer agendas paralelas durante a 8ª Conferência das Partes da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (COP8). A proposta busca garantir diálogo com representantes das nações e fomentar a defesa do produtor. A Associação dos Fumicultores do Brasil (Afubra), que integra a entidade internacional, já encaminhou cartas oficiais para representantes do Ministério das Relações Exteriores, buscando garantir o diálogo ao longo do evento.

Este ano, a COP8 ocorre em Genebra na Suíça, durante os dias 1º e 06 de outubro. A embaixada de cada país, que assinou o tratado mundial de combate ao cigarro, é quem lidera as discussões das delegações oficiais durante a conferência. Com isso, a entidade brasileira quer também manter encontros e agendas paralelas ao evento mundial de saúde. A medida é apontada pelo presidente da Afubra, Benício Werner, como fundamental para defender o trabalho dos fumicultores brasileiros.

“Todos os países com representatividade na ITGA estão contatando Embaixadas, buscando garantir um diálogo e agendas ao longo da conferência. Ao longo das últimas edições os representantes dos produtores de tabaco são impedidos até mesmo de circular no local do evento,” destaca.

ASSEMBLEIA

Na Assembleia Legislativa o assunto também está em pauta. No último dia 09 de agosto os deputados estaduais membros da Comissão de Agricultura, Pecuária e Cooperativismo, encaminharam ofício solicitando apoio as delegações que estarão acompanhando o evento no mês de outubro. O documento foi enviado ao Ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha (PMDB). Os deputados querem garantir que os representantes oficiais do governo brasileiro recebam e informem os grupos ligados à cadeia produtiva sobre as discussões e possam apresentar a realidade da produção de tabaco no país.

GOVERNADOR

As entidades ligadas à cadeia produtiva do tabaco também buscam junto ao governador José Ivo Sartori (PMDB) posicionamento para encaminhar ao Governo Federal, solicitando apoio ao diálogo junto aos representantes da região.

CONICQ

Na próxima quinta-feira, 23, membros do Sinditabaco, Afubra e Amprotabaco participam de reunião aberta da Comissão Nacional para Implementação da Convenção-Quadro para o Controle do Tabaco (Conicq). O encontro ocorre em Brasília ao longo da tarde, e contará com os membros dos ministérios que compõe a comissão, além de entidades ligadas ao setor da saúde.