Primeira edição da Lemic Entidades contempla 14 projetos

Olá Jornal
junho26/ 2020

Durante a tarde desta quinta-feira, 25, 11 entidades que tiveram os seus projetos aprovados, ainda em 2019, no primeiro edital da Lei de Incentivo à Cultura (Lemic) Entidades, assinaram os contratos com valores percentuais para adaptações de acordo com as necessidades de cada projeto homologado. Na ocasião, participaram do ato os representantes das entidades que receberão recursos para reformas, adequações e aquisição de utensílios.

Em virtude do Decreto da Pandemia, todos os projetos estão em stand by. O objetivo da Secretaria de Cultura é que as entidades possam ainda aproveitar os valores de mercado pesquisados para dar início aos seus projetos, tendo a garantia de recebimento do restante após término do período pandêmico. Cada entidade beneficiada receberá R$ 10 mil conforme estipulado no edital do ano passado.

Para o Coordenador Técnico da Secretaria, Henrique da Silva, “essa será a oportunidade que cada entidade beneficiada pelo programa terá para movimentar seus projetos dentro do que está permitido durante a pandemia de Covid-19. Cada entidade receberá um valor percentual equivalente ao que foi descrito nos projetos no que refere às necessidades de reforma, adequações ou aquisições de materiais e utensílios”.

A Secretária de Cultura e Esportes, Alice Theis, salientou a importância do projeto. “Este projeto dá às entidades a possibilidade de melhorar suas estruturas para muito mais prover de culturas e atividades esportivas às comunidades. Quem atua em alguma entidade trabalha muito e muitas vezes, tira do próprio bolso para executar melhorias ou comprar alguma coisa. E esses recursos dão exatamente a condição extra e a garantia de fazer mais para quem frequenta os clubes e entidades do interior”.

O Vice-Prefeito Celso Krämer, destacou que há recursos federais, mas para isso é necessário que haja programas como esse, para que possamos endossar os pedidos e apoios junto às bancadas de Governo. “Certa vez ouvi de um colega de partido que os Municípios não se empenham em desenvolver projetos culturais. E Venâncio se destaca nesse sentido porque promove e incentiva a cultura, seja por projetos ou programas como esse.”

Por fim, o Prefeito Giovane Wickert, enfatizou o compromisso com todas as entidades. “Muitas foram às vezes que as entidades vieram até a Prefeitura buscando a possibilidade de uma solução, um apoio do Município para uma reforma, para a compra de materiais esportivos, para melhorar suas estruturas. Desenvolvemos primeiramente o Promiea que auxilia as entidades esportivas de Venâncio. Recursos esses que são destinados somente para a aquisição de materiais ou a promoção de eventos esportivos. Por conta disso foi criado o LEMIC Entidades, onde os recursos podem abraçar outras vertentes culturais e fomentar cada vez mais, tudo o que há de melhor nas nossas comunidades e entidades de Venâncio Aires, promovendo mais opções de lazer e qualidade de vida”. No total, 26 projetos foram inscritos e 14 foram contemplados na primeira edição do edital.

Entidades contempladas:

CTG Chaleira Preta – Bagual Chefe

A. B. R. C. Santa Luzia – Canto da Viola

A. E. C. Vila Estância Nova – Incentivo a Cultura Gaúcha

A. M. Freese – Festival de Música e Talentos

A. E. R. Teresinha – 3ª idade

A. E. R. Teresinha – Festa Comunitária

Frey Und Froh – Danças Alemãs

Lions Clube – Pé da Letra

A. C. E. Gaúcha – Jantar Baile

G. L. Nossa Senhora Aparecida – Festival de Gaiteros

A. E. C. São Luiz – Luizão Fest

A. E. C. São Luiz – 3ª idade

CTG Chaleira Preta – Pré Mirim nas Escolas

COAT – Oficinas Multiculturais

CRÉDITO: AI PMVA