• Hoje é: quinta-feira, maio 23, 2019

Prestação de contas da 15ª Fenachim deve sair em junho

Olá Jornal
maio15/ 2019

Após encerradas as programação da 15ª Festa Nacional do Chimarrão (Fenachim), a associação mantenedora do evento inicia os trabalhos de relatórios para apresentar a prestação de contas da edição deste ano. A expectativa é de encerrar em até 15 dias este trabalho, para então apresentar os resultados da festa. A edição de 2019 reuniu cerca de 95 mil pessoas nos nove dias de programação no Parque Municipal do Chimarrão.

Finalizada a execução da Fenachim, a organização do evento trabalha para concluir os trabalhos de prestação de contas. A presidente da Afenachim, associação mantenedora da festa, o objetivo do grupo da organização é de finalizar as atividades burocráticas até o fim do mês. “A execução da festa encerrou, mas ainda precisamos finalizar o processo burocrático. Gostaríamos de finalizar a prestação de contas em até 15 dias,” destacou Luana Pereira.

A representante da entidade também destacou a importância do poder público em incentivar a continuidade dos trabalhos da associação. “Tenho ainda um ano à frente da entidade e queremos fortalecer os trabalhos. É preciso ter uma continuidade das atividades, para que seja mais fácil gerenciar o evento nas próximas edições,” argumenta.
Neste mesmo sentido o prefeito Giovane Wickert (PSB) afirmou que a Administração Municipal quer incentivar a continuidade das ações de preparação. “É preciso manter a associação ativa e em constante debate sobre a Fenachim. Por isso queremos nos próximos 30 dias realizar uma reunião de avaliação e debater a 16ª edição, mantendo essa chama viva.”

POSITIVO
Na avaliação da presidente da Fenachim deste ano, Cleiva Giovanaz Heck, o evento foi positivo, apesar do clima que atrapalhou a presença do público. “Foi uma festa histórica, em que a parceria, a criatividade e a força da nossa comunidade tiveram destaque. Sem contar na liderança feminina na organização.”

MOVIMENTAÇÃO
Durante os dias de festa, o público foi recepcionado pela Escola do Chimarrão, junto ao Chimarródromo, que contou com aulas sobre o preparo da bebida e ofertou, em parceria com as ervateiras Elacy, Madrugada e Biomate, os insumos para o chimarrão dos visitantes, de forma gratuita, totalizando 1,9 tonelada de erva-mate e 11 mil litros de água quente distribuídos na 15ª edição da Festa. Ao todo, mais de 1,2 mil pessoas registraram presença no livro da Escola, vindas dos mais diferentes cantos do país, incluindo estados como Rio de Janeiro e Tocantins, além de outros países como Argentina e Itália.