Prefeitura reforça atenção aos cuidados para evitar a Dengue

Guilherme Siebeneichler
abril08/ 2020

A fim de evitar a proliferação do mosquito da dengue, a Prefeitura busca a conscientização e a ajuda da comunidade para o combate a esta endemia. Nos últimos dias, os agentes de endemias da Secretaria Municipal de Saúde realizaram visitações a pontos estratégicos e também a locais que foram denunciados por conta de acúmulos de entulhos e possíveis criadouros do Aedes aegypti.

A preocupação é com o retorno do período de chuvas e, por isso, segundo o Secretário Municipal de Saúde, Ramon Schwengber, é preciso que todos estejam atentos aos locais em que o mosquito possa reproduzir. Temos que orientar amigos e conhecidos sobre os cuidados necessários e buscarmos junto mantermos a cidade longe do foco do mosquito e das doenças que ele pode transmitir”.

Com hábitos diurnos, o Aedes aegypti tem, em média, menos de um centímetro de tamanho, é escuro e com riscos brancos nas patas, cabeça e corpo. Para se reproduzir, ele precisa de locais com água parada, onde deposita os ovos. Para evitar que eles se reproduzam e possam representar algum tipo de problema é preciso que a comunidade inteira se engaje na prevenção que conta com:

 •        Guardar garrafas vazias viradas para baixo.

•        Guardar pneus sob abrigos.

•        Não acumular água nos pratos de vasos de plantas e enchê-los com areia.

•        Manter desentupidos ralos, canos, calhas, toldos e marquises.

•        Manter lixeiras fechadas.

•        Manter piscinas tratadas o ano inteiro.

•        Tampar caixas d’água, tonéis e latões.

O mosquito da dengue é silencioso e costuma picar durante o dia, especialmente nas primeiras horas da manhã ou fim da tarde. Ele ataca principalmente, nas pernas, tornozelos ou pés e a sua picada, geralmente, não dói nem coça. O transmissor tem voo rasteiro, com no máximo um metro de distância do solo. É recomendado utilizar repelentes, inseticida na casa ou colocar redes mosqueteiras nas portas e janelas. Uma forma natural de afastar o mosquito é acender velas de citronela dentro de casa. O mosquito que transmite a dengue, Zika e Chikungunya também é o principal responsável pela transmissão da febre amarela.

CRÉDITO: Coordenadoria de Comunicação e Marketing PMVA