• Hoje é: segunda-feira, agosto 26, 2019

Prefeitura fará contratações temporárias de professores, monitores e agentes escolares

Olá Jornal
abril10/ 2019

A Prefeitura de Venâncio Aires mantém as ações para preencher vagas de profissionais na área da educação. Na última sexta-feira, 05, o Executivo Municipal, encaminhou ao Parlamento, cinco projetos de lei prevendo a contratação temporária de funcionários para os mais diversos segmentos da Secretaria Municipal de Educação. Os contratos temporários dependem de aprovação dos vereadores e buscam suprir funcionários que receberam licenças de saúde, prêmio e maternidade. Além disso, garantem a substituição de profissionais que ocupam cargos de direção.
Pelos projetos encaminhados, serão contratados 11 professores de Séries Iniciais do Ensino Fundamental. Todos terão carga horária de 20 horas semanais, ao longo de 12 meses e remuneração de R$ 1.848,14.

Outros 10 monitores de educação infantil, com carga horária de 30 horas semanais e salário de R$ 1.723,05. Neste caso serão quatro modalidades de contratação. Três profissionais com contrato de seis meses, prorrogável por mais dois, outros cinco com contrato de seis meses, prorrogável por mais um, um monitor que terá contrato de três meses, com mais um mês de prorrogação e um monitor com contrato de um mês, prorrogável por mais um.

Também serão contratados de forma temporária quatro Agentes Escolares, com carga horária de 40 horas semanais e salário de R$ 1.425,58. Serão dois agentes com contratos de até um ano, um agente com contratação de seis meses e outro com contrato de até quatro meses.

Entra no pacote também a contratação de quatro professores de Educação Física, com 20 horas semanais e rendimentos de R$ 1.848,14. Todos terão contrato de 12 meses. Outro contrato de seis meses, prorrogável por mais 30 dias, será para professor de Séries Finais de Ensino Fundamental, para a disciplina de Ciências. Com carga horária de 20 horas, a remuneração será de R$ 1.848,14.

ENFERMEIROS
A prefeitura também vai contratar de forma emergencial oito enfermeiros. A lei sobre o assunto foi aprovada na sessão desta segunda-feira. Os profissionais precisavam ser contratados, após ação civil pública do conselho da categoria, exigindo mais profissionais nos posto de saúde. O prazo de contrato será de um ano, prorrogável por mais um. A remuneração será de R$ 5.980,00 correspondente à carga horária de 30 horas semanais. Tanto as contratações para professores e agentes escolares, quanto para enfermeiros serão realizadas a partir de aproveitamento da Banca de Classificados no Processo Seletivo Público Simplificado em 2018.