• Hoje é: quinta-feira, setembro 19, 2019

Prefeito assina edital do Programa Municipal de Incentivo ao Esporte Amador

Guilherme Siebeneichler
outubro25/ 2017

O Prefeito Giovane Wickert assinou nesta manhã, 25, o edital do Programa Municipal de Incentivo ao Esporte Amador (PROMEIA). No Gabinete, acompanhado do Vice Celso Krämer e dos responsáveis pelo Programa, Secretário de Cultura e Esporte Saul Zart e do Assessor Henrique da Silva, o gestor debateu os próximos passos que as entidades deverão realizar para participar do chamamento.

Depois do treinamento que ocorrerá amanhã, 26, às 18h30min, as entidades terão 30 dias para fazer o cadastro junto ao Protocolo da Prefeitura. O documento será enviado para a Secretaria de Cultura e Esporte/ Junta Administrativa e um dia após o término do prazo, no dia 27 de novembro, a organização fará um encontro na Sala de Reuniões do Gabinete onde irão ser abertos os envelopes e avaliadas as cotas.

O edital assinado nesta manhã objetiva incentivar modalidades esportivas a partir da destinação de uma verba total de R$ 450 mil, que, almeja beneficiar mais de 40 entidades. Para se enquadrarem ao Programa, as entidades não podem ter débitos e precisam estar legalmente constituídas. Uma comissão avaliará os projetos e os melhores – de acordo com critérios técnicos – serão selecionados. O prazo para a execução do projeto é de 12 meses e após a finalização será necessária à comprovação da utilização dos valores.

OPÇÕES PARA O PROJETO

A) Projetos com caráter educacional, visando promover a aprendizagem, capacitação, atividades recreativas e de lazer: dois projetos de R$ 8 mil cada.

A.1. Na Manifestação Esportiva e de Lazer Educacional (turno oposto) visando promover a aprendizagem e atividades recreativas e de lazer, será obrigatória isenção de pagamentos relacionados ao projeto, para os participantes.

B) Projetos que visem à organização e realização de eventos esportivos em Venâncio Aires:

B.1. Para eventos esportivos de âmbito municipal, regional, estadual, nacional e internacional de curta duração, com até dez dias de competição: quatro projetos de R$ 4 mil e dois projetos de R$ 2 mil;

B.2. Para eventos de longa duração, com 11 dias ou mais de competição: um projeto de R$ 25 mil, um projeto de R$ 15 mil e um projeto de R$ 10 mil;

C) Projetos Sociais promover a aprendizagem e atividades recreativas e de lazer: dois projetos de R$ 7 mil;

D) Para projetos que busquem apoio a treinamento e participação de atletas/equipes não profissionais que representam a cidade em nível de rendimento, com no mínimo cinco treinos semanais e disputa de um campeonato estadual:

D.1. Para projetos que busquem apoio a treinamento e participação de equipes, não profissionais que representem a cidade, esportes coletivos de mesma modalidade, naipes (masculino e/ou feminino), uma categoria: um projeto de R$ 100 mil;

D.2. Para projetos que busquem apoio a treinamento e participação de equipes, não profissionais que representem a cidade, esportes coletivos de mesma modalidade, naipes (masculino e/ou feminino), duas categorias: um projeto de R$ 200 mil;

E) Para projetos que buscam aquisição de equipamento, materiais esportivos, uniformes, entre outros utensílios que visam estimular, fomentar ou custear as despesas para execução das modalidades esportivas;

E.1) 20 projetos com cotas de R$ 1,5 mil;

E.2) 10 projetos com cotas de R$ 2 mil.