• Hoje é: domingo, outubro 20, 2019

Política por diversificação em Venâncio destinou neste ano R$ 429 mil

Olá Jornal
agosto14/ 2018

Ao longo do ano a Prefeitura de Venâncio Aires já destinou mais de R$ 429,4 mil como forma de incentivo aos produtores que buscam diversificar as culturas agrícolas. O valor é referente à concessão de incentivo para horas-máquinas e financeiro para novos investimentos. Este é o principal projeto de fomento desenvolvido ao setor primário, como forma de apoio aos agricultores que buscam novas culturas para as lavouras.

Entretanto, políticas públicas para este tipo de investimento são demandas dos municípios que ainda possuem no tabaco a sua principal fonte de riqueza na agricultura familiar. É o caso de Venâncio Aires, que tem incentivado, junto com o setor privado, ações que possam colaborar com os produtores para buscarem novas alternativas de renda.

Neste ano foram destinados sete programas de incentivo com horas-máquinas que totalizam R$ 17 mil. A política de incentivo voltado à sete produtores garantem 25 horas de serviços com motoniveladores, 25 horas de escavadeira, 25 horas de trator de esteira e outras 25 horas de caminhão. Os serviços buscam fomentar a implantação de novas formas de renda dentro das propriedades.

Além disso, outro projeto totaliza investimento de R$ 8,4 mil para o pagamento de 30 horas escavadeira hidráulica e 30 horas de caminhão. O maior investimento público envolve o montante de R$ 285 mil, em forma de auxílio financeiro para a construção do condomínio avícola, que está em obras em Linha 17 de junho. O investimento é realizado pela Cooperativa de Suinocultores de Encantado (Cosuel). Aliado a o investimento para a construção, o Município está realizando os serviços de terraplanagem da área para o futuro empreendimento. Os dados constam no Portal da Transparência da Prefeitura de Venâncio Aires.

INVESTIMENTO
Nesta semana os vereadores aprovaram o repasse de recursos financeiros a Cooperativa Languiru. A entidade receberá o repasse de R$ 350 mil para a aquisição de quase um hectare de terras em Linha Barbosa, na RS 287, km 80, para instalação de silos, visando a ampliação em captação de grãos úmidos e a construção de loja agrocenter.