• Hoje é: quarta-feira, novembro 14, 2018

PDT projeta candidaturas de Jairo Jorge e Airton Artus para 2018

Guilherme Siebeneichler
julho10/ 2017

Numa iniciativa que pretende ouvir todas as regionais da legenda e largar na frente na formação de alianças para as eleições de 2018, o Partido Democrático Trabalhista (PDT) do Rio Grande do Sul promoveu encontro no último sábado, 08, em Venâncio Aires. Na sede da Câmara Municipal de Vereadores, representantes do PDT em 14 municípios puderam opinar sobre o momento político e conhecer os pré-candidatos trabalhistas à Presidência da República, Governo do Estado e Senado.

Com a participação dos deputados federais Pompeu de Mattos e Afonso Motta, do deputado estadual Gilmar Sossela, do suplente de senador Christofer Goulart e lideranças internas no PDT, o principal momento ficou para a apresentação de Jairo Jorge como pré-candidato ao Governo do Estado. Ex-prefeito de Canoas por dois mandatos e prefeito com o maior índice de aprovação do RS, Jairo Jorge confirmou que visitava a  35ª regional do PDT com o objetivo de se aproximar das bases do partido e construir um discurso unitário de alternativa para o Rio Grande. De acordo com Jairo Jorge, o pessimismo adotado pelo atual governo e a proposta de venda de estatais só faz agravar a crise econômica e social do Estado.

O presidente da Executiva Estadual, Pompeu de Mattos, também defendeu a candidatura de Ciro Gomes à presidência. “Se ele é um homem sem papas na língua, que fala o que pensa, eu ainda prefiro assim do que uma pessoa que não fala, que se esconde atrás de assessores. Só se expõe quem não tem nada a temer”, ressaltou Pompeu.

O presidente estadual ainda revelou que José Fortunatti (ex-prefeito de Porto Alegre), Vieira da Cunha (ex-candidato a governador e ex-secretário da Educação do Estado) e Romildo Bolzan (presidente do Grêmio) são os nomes ventilados para a disputa ao Senado. Para deputado estadual, Pompeu de Mattos voltou a destacar a liderança de Airton Artus no partido e acredita numa unidade regional em torno do seu nome.

Presidente do PDT local e ex-prefeito de Venâncio Aires, Airton Artus não falou de sua candidatura própria e ressaltou que ainda terá tempo para visitar os municípios. Ele destacou a antecipação do partido na definição de nomes no Estado e País. “Penso que o PDT pode ocupar os espaços manchados por partidos tradicionais e que já não encontram legitimidade, caso do PT, do PMDB e do próprio PSDB”, destacou. Na oportunidade, Artus defendeu também a importância das redes sociais para divulgar a mensagem do partido com conteúdo e para diferentes públicos.

CRÉDITO: Singular Venâncio Aires