• Hoje é: quarta-feira, novembro 14, 2018

Parceria poderá garantir mudanças na iluminação pública do município

Guilherme Siebeneichler
agosto30/ 2017

Nos últimos 10 dias o prefeito Giovane Wickert (PSB) participou de missão internacional na Coreia do Sul. Como resultado, Venâncio Aires poderá receber a primeira Parceria Público-Privada (PPP) com o objetivo de melhorar a iluminação das ruas. A implantação de lâmpadas LED com controle eletrônico de gestão, será executada em parceria com empresas do ramo. O objetivo é melhorar a eficiência na iluminação pública, além de aprimorar o gerenciamento dos pontos de luz, administrados pelo poder público local.

Essa pode ser a primeira ação do tipo no Município após a viagem internacional. Os gastos mensais com este setor alcançam os R$ 200 mil, em média. Desta forma, a proposta é de economizar e criar alternativas ao gerenciamento. “Esse é o setor com mais pedidos de reparos e melhorias na Prefeitura. Um dos equipamentos que conhecemos permite inclusive o gerenciamento por meio de software. Há empresas interessadas em aplicar esse modelo aqui no Município, por meio de parceria,” explica Wickert.

Se o Município implantasse a lâmpada de LED em toda a estrutura pública, seriam necessários, em torno de R$ 30 milhões. Sem recursos sobrando, a proposta é de garantir a substituição gradativa e com a formalização de uma Joint Venture entre empresas coreanas e brasileiras. O acordo comercial deve ser formalizado até o início do próximo ano.
Entre outubro e novembro uma comitiva de empresários e lideranças políticas da Coreia do Sul devem visitar os municípios da região.

RESÍDUOS SÓLIDOS
Além de buscar novas parcerias e projetos para Venâncio Aires, o prefeito, teve as despesas da viagem custeadas pelo Consórcio Intermunicipal de Serviços do Vale do Rio Pardo (Cisvale). O grupo que ele preside, busca alternativas para o recolhimento de lixo. Um estudo é realizado para o gerenciamento coletivo dos resíduos sólidos, Durante a missão, conheceu usinas de reciclagem que poder ser implantadas no Brasil.

A proposta é de melhorar a destinação final dos resíduos municipais. “O recolhimento com caminhões seguirá o mesmo, mas a ideia é garantir suporte para usinas de triagem e melhor reciclagem,” explica.

O gestor visitará também usina implantada na cidade de Arroio dos Ratos, para a partir disso discutir melhorias para a região. No dia 8 de setembro a Associação dos Municípios do Vale do Rio Pardo e o Cisvale realizam encontro, quando Wickert, fará relato da viagem.