• Hoje é: segunda-feira, dezembro 9, 2019

OAB reinaugura sede e reforça atuação em Venâncio

Guilherme Siebeneichler
agosto04/ 2018

A sede da subseção Venâncio Aires da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) está de cara nova para reforçar ainda mais sua atuação junto a classe e também a comunidade. A reforma da sala 45 do prédio Gold Center, na rua Voluntários da Pátria, durou 60 dias e proporcionou novos espaços como duas salas de reuniões, cozinha, almoxarifado, dois banheiros, climatização dos ambientes e um auditório com capacidade de até 50 pessoas. A partir de agora, além de ser um local de suporte para os advogados que precisem realizar reuniões com clientes ou buscar informações da categoria, servirá para utilização da comunidade que poderá locar o espaço.

O presidente da OAB local, Marcos Thiel, considera o momento importante visto que nesses 20 anos de existência, o local nunca havia recebido melhorias desse tipo. O investimento foi realizado com recursos próprios (65%) e a partir da liberação do sistema OAB (35%) repassado pela Caixa de Assistência dos Advogados do Rio Grande do Sul. “Pudemos dispor desses recursos próprios devido ao trabalho de austeridade e seriedade realizado por todas as gestões que dirigiram a subseção gastando apenas o necessário com equilíbrio de receitas e despesas,” avalia Thiel.

PRESTÍGIO
A inauguração nesta quinta-feira, 02, contou com a presença do presidente do Conselho Federal da OAB, Claudio Lamachia, e do presidente da OAB RS, Ricardo Breier. Durante a gestão de Breier, de 2007 a 2018, foram mais de 270 salas no RS. “Esse é um trabalho institucional muito importante porque traz a identificação e o simbolismo de termos uma sede da ordem, uma sala da ordem onde for necessário para o exercício da advocacia que representa o exercício da cidadania”.

Lamachia destacou o trabalho de união do sistema OAB que proporciona obras como essa e reafirmou o compromisso com a classe a partir de conquistas como o projeto do Ipê para os advogados gaúchos e o avanço do projeto que criminaliza o desrespeito as prerrogativas profissionais dos advogados aprovado no congresso nacional a um passo da votação na câmara dos deputados. “É fundamental para a própria cidadania reforçando posição dos advogados e sociedade.”