• Hoje é: terça-feira, novembro 20, 2018

No Dia Nacional do Livro, taxa de analfabetismo chama atenção

Olá Jornal
outubro29/ 2018

O Dia Nacional do Livro, comemorado em 29 de outubro faz referência a data de fundação da Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, em 1810, e é considerada pela UNESCO uma das dez maiores do mundo e a maior da América Latina. Essa data faz-se importante pelo incentivo à leitura e para reforçar a importância do livro como difusor de conhecimento.
A criação da Lei 10.753/2003 institui a Política Nacional do Livro, onde em seu Art. 1º, inciso II, diz que “o livro é o meio principal e insubstituível da difusão da cultura e transmissão do conhecimento, do fomento à pesquisa social e científica, da conservação do patrimônio nacional, da transformação e aperfeiçoamento social e da melhoria da qualidade de vida”. Essa Lei reforça a importância do livro e valorização de iniciativas de incentivo à leitura.

Números
O Dia Nacional do Livro traz consigo aspectos sociais importantes, pois o hábito pela leitura é uma realidade distante para cerca de 12 milhões de analfabetos existentes no Brasil, segundo dados do IBGE.
O Plano Nacional de Educação (PNE) estabelece 20 metas nacionais com uma análise específica e aprofundada na temática da leitura. Uma dessas metas era reduzir a taxa de analfabetismo para 6,5% em 2015, mas o objetivo não foi atingido. A segunda meta é erradicar o analfabetismo absoluto no Brasil até 2024, mas dados da última pesquisa mostra que 7% a população ainda não sabem ler nem escrever.
Segundo o estudo Retratos da Leitura no Brasil do Instituto Pró-Livro, mulheres lideram no ranking de leitores com 52%, o maior índice de leitores está concentrado na região Sul e Sudeste, com 43%.
Conforme dados do censo de 2010, Venâncio Aires conta com 50 mil pessoas com mais de 15 anos alfabetizadas e cerca de 2 mil analfabetos. A taxa da população feminina é maior, com 5,25% e a masculina com 4,61%. A zona rural lidera com 6,87% de analfabetos, enquanto a zona urbana tem 3,76%.

Camila Weschenfelder
Estagiária e estudante de Jornalismo – Univates