• Hoje é: terça-feira, dezembro 11, 2018

Na Assoeva, em meio a despedidas, discurso de recomeço

Olá Jornal
dezembro08/ 2018

A noite de quinta-feira, 06, foi de descontração, despedidas, emoção e expectativas sobre o futuro. Jogadores e seus familiares e a diretoria da Assoeva estiveram reunidos na Sede do clube para uma confraternização de encerramento do ano.
Integrantes da diretoria deixaram algumas palavras aos presentes. O presidente do clube, Engelberto Henn, desejou sucesso aos que partem para novos clubes, como o caso do André Deko, Dimas, Deivão, Éder, Caio Junior e Zico. “Desejo que os que partem levem Venâncio no coração e que um dia retornem e reencontrem essas pessoas que lhes querem bem aqui. Desejo que os sonhos sejam alcançados, tenham muito sucesso e que as relações de amizades permaneçam”, enfatizou Henn, que segue na presidência do clube em 2019.
Já o tesoureiro, Vianei Hammes, lamentou o ano difícil vivido pelo time, mas agradeceu o empenho de todos. “É um momento de satisfação poder vivenciar essa união, embora poderíamos ter ido um pouco mais longe nas competições, mas enfim os deuses da bola não quiseram assim, o que fica de positivo é o convívio e a boa relação que sempre tivemos. Embora as dificuldades, todos deram seu máximo, jamais houve divisão dentro do grupo, e isso é muito bom num clube.” Hammes ainda destacou que o momento é de renovação. “Agora é preciso se reinventar. A grande maioria do time Sub-20 vai subir, temos que diminuir os custos, vamos como sempre honrar com os compromissos, sonhamos com um patrocinador de expressão, a luta é intensa para isso. Precisamos dar continuidade, somos viciados na modalidade, queremos seguir, pois sabemos o quanto a Assoeva é importante.”
Da mesma forma, o diretor de futsal, Irineu Henn, acrescentou: “É nas horas ruins que crescemos, tenho certeza de que todos aprenderam. Logo adiante nos encontraremos.”
Henn adiantou que na próxima semana, em conjunto com o técnico Fernando Malafaia, anunciará as renovações e uma nova contratação.