• Hoje é: sábado, dezembro 7, 2019

Município institui Gabinete de Crise para falta de abastecimento de água

Olá Jornal
setembro18/ 2019

Por determinação do Prefeito Giovane Wickert um Gabinete de Crise foi instituído para garantir atendimento em serviços essenciais. Um encontro reuniu lideranças do executivo, Corporação de Bombeiros, equipe da Corsan, Defesa Civil e Vigilância Sanitária.

A sede do Gabinete ficará junto aos Bombeiros e as solicitações de apoio e ajuda poderão ser solicitadas através dos telefones 3983 1165 ou 193. Ficou determinado que nesta quarta-feira, 18, as escolas da rede municipal terão atendimento normal, a Prefeitura já disponibiliza água mineral para consumo em todas as unidades e quatro caminhões pipas iniciarão um roteiro de abastecimento das caixas de água.

Nesta, quinta-feira, 19, as Escolas Municipais de Ensino Fundamental (EMEFS) que são abastecidas pela rede da Corsan não terão aula, mas as de Educação Infantil (EMEIS) terão aulas normais, pois serão abastecidas pelo Gabinete de Crise.

As unidades de saúde também receberão abastecimento, conforme a necessidade, porém o Gabinete alerta que poderá ocorrer um novo agendamento de consultas, principalmente odontológicos. Mas as unidades estarão abertas normalmente. O Hospital São Sebastião Mártir possui poço artesiano e, portanto, não compromete o atendimento.

Os quatro caminhões possuem ampla capacidade de abastecimento, a Corsan já está deslocando três do Município de Farroupilha para Venâncio Aires, um chegará diretamente para abastecer a Penitenciária. E depois todos entram no roteiro gerenciado pela Defesa Civil para abastecer os serviços.

Os cidadãos que precisarem de água, poderão buscar junto aos poços da Corsan que ficam na rua Emílio Michel, um ao lado do Posto de Saúde e outro ao lado da EMEI Mônica. Haverá plantão para entregar água as pessoas que necessitarem. Nestes locais e na ETA em Mariante serão onde o Gabinete abastecerá os caminhões pipas.

Há previsão é que a cada duas horas três escolas sejam atendidas com água pelos caminhões, o que permitirá que os atendimentos normalizados. Foi determinado ainda por Wickert que as equipes trabalharão à noite para abastecer água nas escolas para garantir a normalidade, das EMEIS, amanhã, 19, bem como nos postos de saúde. O alerta é para que todos usem racionalmente água e a Corsan acredita que a cidade terá o serviço normalizado na sexta-feira.

 O Gabinete volta a se reunir às 16h.

CRÉDITO: AI PMVA