Município e Liga de Carnaval negociam com empresas para captar recursos via Lei Rouanet

Janine Niedermeyer
janeiro17/ 2017

A semana é de conversas entre empresas de Venâncio Aires e região com a Prefeitura e a Liga de Carnaval. O foco dos encontros previstos entre esta terça-feira, 17 e a quarta-feira, 18, são a captação de recursos via Lei Rouanet para aplicação nos festejos da folia.

O secretário municipal de Cultura e Esportes, Saul Zart em conversa com o Olá Jornal informou que ao menos uma empresa da Capital do Chimarrão e outra de fora estariam interessadas em integrar o processo. Os encontros com as mesmas estavam previstos para esta terça-feira, 17, e conforme o andamento a ideia é que possa haver também apoio de outra empresa de Porto Alegre. Os nomes no momento não são revelados, para não influenciar nas negociações.

Divisão

O valor buscado pelo projeto é de pouco mais de R$ 198 mil para a realização do Carnaval de rua do município. O projeto já teria sido aprovado no último dia 10 de janeiro e tem como proponente a Download Produtora de Eventos e Marketing de Porto Alegre.

Saul Zart explica que neste montante de recursos, parte engloba infraestrutura, mídia e outros para acomodar o público. Em sendo captado todo o valor previsto, ficariam R$ 153,6 mil para as agremiações, com R$ 27 mil em média para cada uma das cinco escolas de samba que desejam desfilar no Carnaval do município em 2017.

“Se conseguirmos todo esse valor, a Prefeitura necessitará despender quase nada de recursos próprios. Se conseguirmos uma parte, investimos uma parte também. Mas o que temos comprometidos com as escolas são R$ 80 mil, com R$ 16 mil para cada. Se alguma delas desistir o valor permanece o mesmo para as demais”, enfatiza o secretário Saul, que acrescenta a proposta de se manter a infraestrutura de outros anos, com grades, banheiros químicos e palanque.

Repasse

O secretário de Cultura também explica sobre o repasse previsto de R$ 80 mil, que diferente de outros anos não necessitará passar como projeto de lei pela Câmara de Vereadores. “De acordo com a nova lei de parcerias voluntárias, pois é feito uma chamada inexigibilidade. Esses repasses que normalmente se faziam terminou, pois a Prefeitura não repassa para as escolas e sim para Liga de Carnaval, que recebe o dinheiro e paga as contas das agremiações. Fizemos uma reunião com todos para explicar todos esses aspectos”.

Em Venâncio Aires, Unidos das Vilas, Malandros do Ritmo, Acadêmicos do Samba Négo, Unidos da Vila Freese e Fiel Tribo Guarani informaram que irão desfilar nas noites dos dias 25 e 27 de fevereiro na rua Osvaldo Aranha.