• Hoje é: quinta-feira, janeiro 17, 2019

Município adita contrato com o Hospital por mais seis meses

Guilherme Siebeneichler
abril27/ 2017

A partir da próxima terça-feira, 2, começa a valer o aditamento de contrato de seis meses assinado entre a Prefeitura e o Hospital São Sebastião Mártir. O contrato que anteriormente havia sido aditado em duas oportunidades por dois meses volta a passar pelo processo.

Com as receitas em baixa neste ano, na Secretaria de Saúde não é diferente, com contrato anual girando em torno de R$ 20 milhões com o hospital, neste ano conta com R$ 1,5 milhão a menos do que o orçamento integral que já era apertado. Somado aos fatos, o Governo do Estado deve R$2 milhões de reais em recursos para a Saúde Municipal, por conta de atrasos e acaba obrigando a utilização de recursos próprios para garantir os serviços.

O Secretário Municipal de Saúde Ramon Schwengber fez analise e projetou os próximos seis meses com relação aos contratos e receita da Saúde Municipal: “Precisamos planejar e pensar em alternativas durante os próximos seis meses de aditamento do contrato e buscar captar recursos. Precisamos valorizar que apesar das dificuldades financeiras sofridas pela gestão estamos com as contas em dia e os contratos ajustados.”

O Secretário relata também pedido feito ao Prefeito para que fosse dada preferência no pagamento de serviços primordiais para a saúde da população, como o Hospital e a Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

Schwengber ainda faz questão de lembrar que o contrato com o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), foi renovado. Tanto no Serviço Básico, quanto no Avançado que abriu mão do reajuste que gira em torno de 10% para renovar o contrato com o Município. Salvo este caso, todos os contratos sofreram redução de 30% a 50%, exceto o Hospital que teve o valor do contrato mantido.

CRÉDITO: Coordenação de Comunicação PMVA