Mudança de bandeira permite flexibilizações em Venâncio

Olá Jornal
maio26/ 2020

A Secretaria de Desenvolvimento Rural está recebendo os pedidos de sementes de milho para a Safra 2020/ 2021 do Programa Troca-Troca.  Cada agricultor poderá solicitar até quatro sacas de sementes ou sorgo – equivalente a 80 quilos – mediante a apresentação do bloco de produtor.

Custo menor

A partir de negociação com as empresas, a Secretaria Estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (SEAPDR), reduzirá o valor das sementes de milho e sorgo em 12,5% em relação ao ano passado, além do subsídio de 28% no valor das sementes para os financiamentos.

Além do benefício ao agricultor, com um custo menor para a produção, ampliará a capacidade de atendimento e um maior volume total de sementes, o que resultará em ampliação na área plantada no estado com sementes do programa. Outra novidade é a cartilha com orientações técnicas para que cada produtor escolha a semente mais adequada para sua lavoura.

A remessa efetiva continua obedecendo ao calendário normal, onde as empresas entregam as sementes da safra nos meses de julho e agosto e da safrinha em novembro e dezembro.

O agricultor efetuará o pagamento da semente da safra em 30 de abril de 2021 e da safrinha em 20 de junho de 2021. A parcela referente à tecnologia transgênica, no caso de milho híbrido transgênico, no valor de R$ 220, deve ser paga pelo agricultor no ato do pedido, antes da entrega da semente. O agricultor efetuará o pagamento da semente da safra em 30 de abril de 2021 e da safrinha, em 20 de junho de 2021. A parcela referente à tecnologia transgênica, no caso de milho híbrido transgênico, no valor de R$ 220, deve ser paga pelo agricultor no ato do pedido, antes da entrega da semente.

As encomendas podem ser feitas até dia 5 de junho na Secretaria de Desenvolvimento Rural, assim como no Sindicato Rural e também no Sindicato dos Trabalhadores Rurais. Para se inscrever basta estar munido do talão de produtor e documentos pessoais.

Valores para a safra 2020/2021 (já aplicados o desconto do subsídio de 28% do Estado):

Milho híbrido convencional:

Valor da saca (sem subsídio do Estado): R$ 140
Valor da saca pago pelo agricultor (com desconto do subsídio de 28% do Estado): R$ 100,80

Milho híbrido transgênico:

Valor da saca (sem subsídio do Estado): R$ 360
Valor da saca pago pelo agricultor (com desconto do subsídio de 28% do Estado): R$ 320,80

Sorgo:

Valor da saca (sem subsídio do Estado): R$ 120,00
Valor da saca pago pelo agricultor (com desconto do subsídio de 28% do Estado): R$ 86,40.
CRÉDITO: Coordenadoria de Comunicação e Marketing PMVA