Mostra de Cultura e Inovação como estímulo a pesquisa

Janine Niedermeyer
setembro25/ 2016

Em um ambiente estudantil reunindo jovens, na média dos 9 aos 20 anos de idade, que a Mostra Venâncio-airense de Cultura e Inovação (Movaci) faz germinar novas gerações que se voltem ao campo da pesquisa, através de projetos com desenvolvimento científi co e tecnológico.

A 5ª edição do evento ocorre na próxima semana, de 28 à 30 de setembro, tendo como sede pela terceira vez o Instituto Federal Sul-rio-grandense (IFSul), organizador da mostra. Como coordenador, o professor Itamar Hammes frisa que vão se chegar a 150 projetos participantes.

“Temos na Movaci um espaço do conhecimento, um espaço de acolhida, pois vamos estar em casa esse ano”, afirma o educador, que destaca trabalhos vindos de diferentes municípios, como Rio Pardo, Mato Leitão, Charqueadas, Camaquã, Sapiranga, Bagé e Sapucaia do Sul.

DOCENTES
Quase que de forma integral, toda estrutura do campus estará sendo utilizada para abrigar as exposições, oficinas e demais eventos integrados, como o Seminário Saberes Docentes. Esta programação será na segunda e terça-feira, dias 26 e 27, que ocorre pela quarta edição.

“É um momento inclusive pra sentar, pensar e projetar, pois esse estímulo é necessário. A gente tem essa preocupação de estímulo, especialmente aos estudantes e professores, para que os projetos aconteçam”, destaca Itamar.

Segundo ele, a programação quer integrar também os cerca de 50 avaliadores inscritos para análise dos projetos da Movaci. Este grupo estará avaliando quesitos como domínio do assunto por parte dos alunos, metodologia do relatório, resultados apontados pelo projeto e a iniciação científica com objetivos claros.

Cada projeto tem a participação de até três alunos, mais um orientador. Os três melhores projetos pontuados no geral também vão garantir presença na Mostratec, a Mostra Brasileira e Internacional de Ciência e Tecnologia,
em Novo Hamburgo.

A abertura oficial da V Movaci será na quarta-feira, 28, às 19h. Confi ra abaixo a programação do Seminário Saberes Docentes:

SEGUNDA-FEIRA, 26:
13h30 – Abertura;
13h45min – mesa-redonda: Olhares sobre pesquisa – Ciência e pesquisa na escola, com Diego Orgel Dal Bosco Almeida (Unisc), Josué Michels (IFSul Camaquã) e Mônica Knöpker (IFSC Araranquá);
15h45min – O que é pesquisa e inovação a partir das diferentes áreas do conhecimento, com os professores Adilsom Eskelsen, Daniel Pezzi da Cunha, Dário da Cruz, Marcus Ribeiro e Valmor Frantz.

TERÇA-FEIRA, 27:
14h – Palestra: Sistema de educação por projetos na Finlândia, com Marcio Bender Machado;
15h45min – Comunicações orais.

Leia a matéria completa na edição do Olá Jornal do sábado, 24!

Foto: Arquivo IFSul