• Hoje é: quarta-feira, setembro 18, 2019

Ministério Público discute preços da gasolina em Venâncio Aires

Olá Jornal
fevereiro19/ 2019

Na manhã desta terça-feira, dia 19, alguns vereadores e assessores acompanharam um grupo de pessoas da comunidade e também donos de postos de gasolina no município em uma reunião no Ministério Público.
Na presença do promotor Pedro Rui da Fontoura Porto, foram apresentadas as razões das manifestações dos últimos dias em redes sociais a cerca do preço do combustível praticado na Capital do Chimarrão e que estaria muito acima ao encontrado em Santa Cruz na semana passada. 

Diante do exposto, proprietários de postos apresentaram tabelas com os custos do produto. Segundo eles, a gasolina chega até eles por cerca de R$ 3,70. Em um dos casos, o preço pago pela gasolina por um empresário chega a R$ 3,95. Além disso, destacaram a prática de Santa Cruz como uma estratégia de venda de algumas redes maiores. 

Segundo o responsável pelo PROCON de Venâncio Aires, Eneias Peiter, perante dados apresentados como valores de mercado e custos, pelos empresários do ramo no município, o preço não é considerado abusivo. “Primeiro é preciso ressaltar que não regulamos preços. E depois consideramos abusivo se ultrapassasse uma margem de lucro de 20% e isso não acontece.”

Peiter e também a procuradora Geral do Município, Marion Kist, adiantaram que nos próximos dias a equipe do PROCON será reforçada com um novo fiscal.

O promotor, por sua vez, se comprometeu a buscar junto ao MP de Santa Cruz informações se o caso na cidade (preços do produto abaixo do normal) já chegou ao órgão e o que está sendo discutido sobre.

CRÉDITO: AI CMVA