• Hoje é: quinta-feira, maio 24, 2018

Mato Leitão avalia decreto de emergência por conta da crise do leite

Olá Jornal
fevereiro09/ 2018

Um diagnóstico atualizado do setor leiteiro em Mato Leitão está sendo elaborado pela Secretaria da Agricultura e Emater. O setor enfrenta uma grave crise pela constante queda no valor pago pelo litro aos agricultores. Dependendo do resultado não está descartada a possibilidade de um decreto de situação de emergência.

O assunto integrou a pauta da reunião do Conselho de Desenvolvimento Rural (Comder) na última segunda-feira à noite, 05. A produção de leite é uma das principais atividades agrícolas do Município. “Estamos avaliando com cuidado a situação. Vamos aguardar os números deste levantamento”, disse o secretário da Agricultura e presidente do conselho, João Carlos Machry.

Os problemas no setor são percebidos também em vários serviços prestados pela Prefeitura. “Enquanto que pedidos para silagem e atendimento veterinário tiveram redução os de Guias de Transporte Animal (GTA) aumentaram. Isso é sinal de que animais estão sendo vendidos”, revelou o secretário. Os conselheiros, após debates confirmando a grave situação do setor, aprovaram a elaboração do relatório.

CRITÉRIOS

Na reunião do Comder, o prefeito Carlos Bohn destacou que a atividade gera renda no interior e movimenta a economia. Ele frisou que o relatório mostrará claramente a atual situação do setor. “Com esses dados teremos condições para tomar uma decisão. Claro que um decreto precisa estar muito fundamentado e seguir critérios técnicos para ser reconhecido pelo Estado e União”, disse.

QUEDA

Produção de leite

– 2016: 6,2 milhões de litros

– 2017; 3,9 milhões

Agricultores

– 2016: 53 produtores na atividade

– 2017: 49

RANKING PRODUTOS (2017)

1º suínos

2º leite

3º soja

4º fumo

5º milho